Após acidente, bailarinos de Brasília são indicados a prêmio por superação em Joinville

Corpo de Baile Noara Beltrami sofreu acidente de trânsito quando chegava a Joinville para participar do Festival de Dança

Subir no palco do Festival de Dança de Joinville é um sonho para muitos bailarinos. Mas e quando uma coisa inesperada machuca o corpo e deixa os sentimentos abalados, o que fazer? Desistir? Não foi isso que fizeram os integrantes do Corpo de Baile Noara Beltrami, de Brasília.

Ao se apresentar em várias categorias mesmo após o acidente de trânsito sofrido na última sexta-feira (8), o grupo foi indicado para concorrer ao prêmio especial do maior festival de dança do mundo, justamente pelo exemplo de superação.

O acidente aconteceu quando o grupo estava a 780 metros da casa em que ficaria na cidade. No trevo de acesso à rua Ottokar Doerffel, a van alugada pelos bailarinos foi atingida por uma carreta: uma adolescente de 15 anos teve um dedo do pé amputado e vários integrantes ficaram feridos.

Abalados, eles cogitaram nem mesmo participar das apresentações. Porém, o que se viu na prática não foi isso: os bailarinos se apresentaram em conjuntos, duos e solos e conquistaram pódio em quatro categorias.

O resultado da indicação sai nesta quinta-feira (14), após a última Noite Competitiva do festival, quando outros prêmios especiais também serão anunciados. Confira algumas apresentações do grupo:

Grupo cogitou não se apresentar em conjuntos após o acidente, mas não desistiu e subiu no palco – Foto: Nilson Bastian
1 6
Grupo cogitou não se apresentar em conjuntos após o acidente, mas não desistiu e subiu no palco – Foto: Nilson Bastian
Conjunto sênior de Balé Clássico de Repertório apresentou o prólogo do balé A Bela Adormecida – Foto: Nilson Bastian
2 6
Conjunto sênior de Balé Clássico de Repertório apresentou o prólogo do balé A Bela Adormecida – Foto: Nilson Bastian
Na Dança Contemporânea, grupo levou o segundo lugar no conjunto sênior – Foto: Nilson Bastian
3 6
Na Dança Contemporânea, grupo levou o segundo lugar no conjunto sênior – Foto: Nilson Bastian
Coreografia “Concatenar” foi apresentada pelo grupo de Brasília – Foto: Nilson Bastian
4 6
Coreografia “Concatenar” foi apresentada pelo grupo de Brasília – Foto: Nilson Bastian
Solo feminino júnior em Dança Contemporânea rendeu segundo lugar ao grupo, com “Fragmentos do eu” – Foto: Maykon Lammerhirt
5 6
Solo feminino júnior em Dança Contemporânea rendeu segundo lugar ao grupo, com “Fragmentos do eu” – Foto: Maykon Lammerhirt
Grupo conquistou segundo lugar no Balé Clássico de Repertório, variação feminina sênior, com “Raymonda” – Foto: Maykon Lammerhirt
6 6
Grupo conquistou segundo lugar no Balé Clássico de Repertório, variação feminina sênior, com “Raymonda” – Foto: Maykon Lammerhirt
Loading...