FOTOS: Aluno do Bolshoi de Joinville vai dançar no exterior

Pedro Luz, 22 anos, aluno do Bolshoi de Joinville, foi contratado para a Cia. Leipziger Ballett, da Alemanha

Mais um talento formado pela Escola do Teatro Bolshoi do Brasil em Joinville conquista o exterior. O bailarino Pedro Luz, 22 anos, foi contratado para a Cia. Leipziger Ballett, da Alemanha, e começa seu novo trabalho ainda no mês de novembro de 2021.

Pedro sempre sonhou com os palcos do mundo. Desde que ingressou na Escola Bolshoi, em 2012, se dedicou para alcançar este sonho, de se formar como bailarino profissional na única filial do Bolshoi, que fica em Joinville.

Agora, inicia uma nova fase de sua carreira, como bailarino internacional. Pedro veio pequeno para Joinville, com 12 anos, e o apoio da família, que se mudou de Maceió para Joinville, quando ele foi aprovado pela Escola Bolshoi, foi fundamental durante o processo de formação.

Em 2019, concluiu o Bolshoi Brasil, foi contratado pela Cia. Jovem Bolshoi Brasil. Em 2021, buscou audições e no início do ano, a Cia. da Alemanha, se interessou pelo bailarino. Ele foi aprovado em abril, mas, devido à pandemia, ficou seis meses esperando o visto de trabalho para a Europa.

Agora, parte para conquistar os palcos do mundo e a sua estreia já está prevista para meados de dezembro, com o clássico O Quebra-nozes.

“Estou muito feliz com essa conquista, ansioso com os novos desafios, com o idioma, mas vou atrás da mudança, do diferente. Sempre me vi como um bailarino de dança a caráter, e agora parto para o neoclássico e clássico e isso é instigante. Vou dar o meu melhor. Do Brasil, da Escola Bolshoi, vou levar cada conselho, ensinamento e oportunidade. Foram 9 anos de superação e dedicação. Minha segunda família.”

Pedro é mineiro, de Juiz de Fora, mas foi criado em Maceió. Com muito orgulho ele comenta: “Levo comigo a minha origem, o meu sotaque misturado, a minha alegria arretada e a experiência de ser Bolshoi Brasil”.

A ida do bailarino está marcada para o dia 16 de novembro. Chegando na Alemanha, já começa os ensaios do O Quebra-nozes, e a estreia é em dezembro. Pedro não é o único brasileiro a fazer parte desta companhia, Leipziger Ballett, que conta com outros cinco ex-alunos da Escola Bolshoi, Otto Wotroba, Igor Silva, Letícia Calvete, João Ludwig e Marcos Vinicius Da Silva.

VEJA FOTOS:

Pedro Luz, 22 anos, alça novos voos – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
1 5
Pedro Luz, 22 anos, alça novos voos – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
Dedicação e superação. – Foto: Manuela Schneider/Divulgação ND
2 5
Dedicação e superação. – Foto: Manuela Schneider/Divulgação ND
O bailarino parte para conquistar novos palcos – Foto: Manuela Schneider/Divulgação ND
3 5
O bailarino parte para conquistar novos palcos – Foto: Manuela Schneider/Divulgação ND
Pedro foi aprovado em abril, mas, devido à pandemia, ficou seis meses esperando o visto de trabalho para a Europa – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
4 5
Pedro foi aprovado em abril, mas, devido à pandemia, ficou seis meses esperando o visto de trabalho para a Europa – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
Pedro Lu – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
5 5
Pedro Lu – Foto: Alinne Volpato/Divulgação ND
+

Dança

Loading...