Categoria se mobiliza junto ao Ceart para criação do curso de dança na Udesc

Processo está em trâmite desde 2009, mas aguarda estabelecimento de critérios para expansão da universidade

Evandro Teixeira/Divulgação

Apesar de ter um movimento representativo de dança, Santa Catarina hoje não tem curso universitário na área

A proposta de criação de um curso de licenciatura em dança no Ceart (Centro de Artes) da Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) será abordada novamente na quinta-feira na reunião do Consad (Conselho de Administração). Em trâmite desde 2009, o projeto está previsto no planejamento estratégico do Centro. Em maio de 2010, porém, o Consad suspendeu todos os processos de criação de cursos em andamento até que definisse critérios para expansão da universidade.

“O curso está todo pronto para ser montado. Há uma lentidão na apreciação por parte dos conselhos da Udesc, e isso tem causado prejuízos”, diz a professora do Sandra Meyer, do departamento de artes cênicas. Segundo ela, há uma grande demanda por parte dos alunos, o que se reflete nas seis dissertações e teses na área de dança que ela orienta agora no mestrado e doutorado em teatro. Para a implantação da graduação, o custo seria apenas o da contratação de oito professores e dois técnicos.

Segundo o pró-reitor de ensino Luciano Hack, há interesse por parte da reitoria. “O curso parece bem vocacionado para o centro e para a região. Ele se apresenta hoje como uma boa opção para a expansão da universidade, mas é preciso avaliá-lo junto aos dos outros centros”, afirma ele. Os critérios, que ainda não têm previsão para serem aprovados, devem envolver adequação ao centro, estrutura, necessidade regional, avaliação dos outros cursos do centro pelo Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), abrangência e os cursos de pós-graduação que o centro possui. Critérios que, para Sandra, são atualmente atendidos pelo Ceart.

Ganhador em 2009 da Medalha do Mérito “Cruz e Souza”, o Centro de Artes da Udesc é uma referência na formação em artes em Santa Catarina com os cursos de artes cênicas, artes visuais, música, design e moda. Oferece mestrado em teatro, artes visuais, música, design e doutorado em teatro. Se a criação do novo curso for aprovada no primeiro semestre, a proposta é de abrir vagas no vestibular do fim do ano. “Estamos maduros para edificar a área de dança, começando com uma graduação e depois indo para mestrado e doutorado”, afirma Sandra.

Proposta para formação de professores e críticos em dança

A Udesc já teve, entre 1999 e 2002, uma especialização em dança. O programa latu sensu era pago, porém, o centro decidiu se concentrar na criação da graduação. A proposta em trâmite agora é de um curso focado na formação de professores, coreógrafos e críticos, com bagagem histórica e cultural da dança, além de noções do desenvolvimento sensório-motor dos bailarinos. “Tem milhares de pessoas envolvidas com a dança no Estado, mas a gente tem um déficit na formação. Nos festivais a gente vê isso, nas questões estéticas e de movimento”, diz Sandra.

Para o diretor e coreógrafo do grupo Cena 11, Alejandro Ahmed, a constituição do curso de graduação na Udesc é vital para consolidar a dança como área de conhecimento em Santa Catarina. “É preciso mudar a maneira de pensar de que o pensamento e movimento são coisas separadas, porque não são”, diz ele, que já realiza pesquisas com o grupo.

Para apoiar a criação do curso, a Aprodança (Associação de Profissionais da Dança de Santa Catarina) iniciou o movimento “Falta dança!” e enviou por meio da presidente, Lisa Jaworski, uma carta ao reitor solicitando a aprovação do processo nos conselhos. Na carta, eles listam os argumentos que incluem a necessidade de professores para a educação de 1º e 2º grau, além da demanda e importância da dança no estado.

Histórico

3/2005 – Ceart cria a comissão de criação e implementação do curso de licenciatura em dança

4/2009 – O projeto é aprovado no Departamento de Artes Cênicas

5/2009 – Conselho do Ceart aprova o projeto por unanimidade

10/2009 – Projeto é aprovado com a maioria dos votos no Consepe (Conselho de Ensino e Pesquisa)

5/2010 – Consad (Conselho de Administração) suspende todos os processos de criação de cursos em andamento até que sejam definidos os critérios para expansão. É criada uma comissão para elaborá-los

3/2012 – Consuni (Conselho Universitário) arquiva o processo de aprovação dos critérios elaborados pela comissão do Consad por entender que o assunto deveria ser melhor discutido com a comunidade universitária. Não há previsão para a conclusão do processo

4/2012 – Ceart envia um ofício ao Consad para solicitar a inclusão do projeto de implantação do curso de dança na pauta da reunião do dia 19. Apesar de não ter entrado na pauta, o diretor do Consad e pró-reitor de planejamento Gerson Lagemann diz que vai abordar o assunto.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo