Dias Toffoli barra apreensão de livros na Bienal do Rio

Ministro do Supremo Tribunal Federal atendeu pedido da procurador geral da República, Raquel Dodge e suspendeu despacho do presidente do TJ do RJ

Dias Toffoli suspendeu despacho do presidente do TJRJ. Foto: Agência Brasil/Divulgação/ND

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, voltou a barrar a apreensão de livros de temática LGBT+, promovida pela gestão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), na Bienal do Livro.

Raquel Dodge pede ao Supremo que barre a apreensão de livros na Bienal do Livro do Rio 

Defensoria do Rio entrada com pedido liminar para suspender recolhimento de livros LGBT da Bienal

Bienal do Livro: presidente do TJ autoriza apreensão de livros de tematica LGBTQ

A decisão de Toffoli suspende despacho do presidente do Tribunal de Justiça, Cláudio de Mello Tavares, que havia voltado a autorizar a ação de fiscais da prefeitura no evento.

+

Direitos