Famílias atingidas por barragem ocupam canteiro de obras na Serra catarinense

Ocupação iniciou às 6h, na usina no Rio Canoas, no município de Vargem; moradores querem agenda de negociação e reassentamento

Famílias atingidas pela barragem de São Roque, no município de Vargem, na Serra catarinense, realizaram uma manifestação às 6h desta segunda-feira (29). Cerca de 60 atingidos ocuparam o canteiro de obras da usina, que está localizada no Rio Canoas, entre Vargem e São José do Cerrito.

Famílias atingidas por barragem ocupam canteiro na SerraOcupação teve início às 6h desta segunda-feira – Foto: Movimento dos Atingidos por Barragens/Reprodução/ND

De acordo com o MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), as famílias reivindicam uma agenda de negociações junto à empresa São Roque Energética. Dentre as pautas do movimento estão ainda a compra de terras para reassentamento de 12 famílias remanescentes e a complementação de áreas e casos pendentes de indenização.

“Já são mais de 8 anos desde o início das obras e, desde 2016, as obras da empresa São Roque Energética S.A, de propriedade da Engevix, estão paralisadas. Por todos estes anos, os direitos das famílias são negados”, manifestou o MAB, em nota.

A reportagem tentou contato com a empresa São Roque, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

+

Direitos