Motoristas de aplicativo paralisam serviço e fazem carreata na Grande Florianópolis

Entre as reivindicações da categoria, está o reajuste da tarifa por km rodado e a transparência nos valores de deslocamento

Grupos de motoristas de aplicativo da Grande Florianópolis paralisaram os serviços nesta quarta-feira (17). Segundo a motorista Ana Paula Barros, os motoristas da Uber, por exemplo, não ganham reajuste há cinco anos.

Desde às 11h, uma manifestação em carreata ocorre na Capital. De acordo com o motorista Jorge Pires, ela tem início na Via Expressa e passará pela sede da Uber, pela Prefeitura de Florianópolis e terminará na Casa do Governador.

Motoristas de aplicativo prometem parar em Florianópolis, Biguaçu e Palhoça na quarta-feira (17) – Foto: Arquivo/Prefeitura de Imbituba/Divulgação/NDMotoristas de aplicativo prometem parar em Florianópolis, Biguaçu e Palhoça na quarta-feira (17) – Foto: Arquivo/Prefeitura de Imbituba/Divulgação/ND

“Nós estamos desde setembro de 2016 até agora com o mesmo Km rodado, mesma tarifa de deslocamento. Só esse ano já é o sexto aumento de combustível, nós sabemos que o custo do passageiro foi aumentado, mas o nosso repasse está muito aquém. Hoje está muito difícil de colocar o carro pra rodar porque você não consegue ter uma rentabilidade suficiente.”, reclama.

Além do reajuste da tarifa por Km rodado, os motoristas têm outras reivindicações na pauta, entre elas, a transparência nos valores de deslocamento e na tarifa base que, segundo Ana Paula Barros, não são aplicados em todas as corridas.

Eles também querem a extinção do Promo, da Uber e do Poupa, da 99.

Os novos recursos tornam a corrida mais baixa para os passageiros, mas diminuem a margem de lucro dos motoristas de aplicativo.

Motorista da Uber desde janeiro de 2019, Ana Paula entrou no aplicativo para complementar a renda, mas apenas dois meses depois, essa passou a ser atividade principal dela.

“Decidi me exonerar de um cargo público municipal de seis anos na Prefeitura de Cachoeirinha (RS) e vir para Florianópolis em busca de segurança e qualidade de vida”, conta .

A motorista avalia que a paralisação é justa e que vai aderir ao protesto. Entretanto, ela disse que quem quiser rodar na quarta, estará livre para isso.

Manifestação de motoristas de aplicativo ocorre nesta quarta (17), em Florianópolis – Foto: Jorge Pires/Reprodução/NDManifestação de motoristas de aplicativo ocorre nesta quarta (17), em Florianópolis – Foto: Jorge Pires/Reprodução/ND

“É uma mobilização nacional dos motoristas, ela está sendo coordenada pelos motoristas, e não por uma associação”, explica Jorge Pires, que também está presente na manifestação desta quarta.

O vídeo abaixo foi gravado por volta das 11h na região Continental da Capital. Confira:

Regulamentação

No Reino Unido, a Uber implementou uma série de direitos aos motoristas do aplicativo. Entre elas, férias remuneradas e um valor mínimo nas corridas.

Jorge Pires, que é presidente da Associação de Motoristas de Aplicativo de Santa Catarina, prefere aguardar que medidas cheguem ao Brasil antes de tomar uma posição.

“Estamos esperando a regulamentação pra ver como ela vai chegar em Florianópolis. Esperamos que atenda o dispositivo da Lei Federal, mas sem prejudicar os motoristas. Esperamos que deixe a gente trabalhar de forma justa.”, completa ele.

Contraponto

Procurada pela reportagem do ND+, a Uber enviou uma nota esclarecendo os pontos questionados pelos motoristas.

Confira na íntegra:

Ganhos

“Todo início de ano, o comércio é impactado pelo que os economistas chamam de sazonalidade. A Uber não é exceção.

Em janeiro e fevereiro, há menos passageiros à procura de viagens, em comparação com novembro e dezembro, e isso está ainda mais acentuado neste ano, com o aumento das restrições relacionadas à pandemia da Covid-19.

Para dar um exemplo: por causa da menor demanda, um parceiro que ganhou mais de R$ 7.850 em dezembro pode esperar uma queda de, em média, 25% em fevereiro, ainda que dirija o mesmo volume de horas”, diz o comunicado.

Taxa Uber

“No passado, a taxa da Uber era fixa em 25%. Em 2018, ela se tornou variável e passou a fazer parte da estratégia da Uber em oferecer descontos para os usuários de modo a incentivar que eles façam viagens.

Há confusão entre os motoristas parceiros sobre o valor da taxa porque em algumas viagens, esta pode aumentar enquanto, em outras, pode diminuir.

É por isso que todos os motoristas parceiros ativos recebem toda semana, por e-mail, um compilado sobre os seus ganhos. Nesse e-mail, é possível conferir quanto ele pagou de taxa Uber naquela semana. “

Gasolina

“O preço dos combustíveis foge ao nosso controle, mas entendemos a insatisfação e trabalhamos para ajudar os parceiros a reduzir gastos fixos.

Por meio do nosso programa de vantagens para parceiros, o Uber Pro, buscamos parcerias como a do posto Ipiranga, que devolve aos parceiros da Uber 4% de todo valor pago em combustíveis usando o app Abastece Aí.

Com o Uber Pro, os parceiros ainda têm acesso à Vale Saúde Sempre, que dá descontos na rede particular de saúde e na compra de remédios.

Em breve, o Pro também vai oferecer a Uber Conta, a conta digital do Digio que atualiza o saldo segundos após o fim de cada viagem, e o Uber Chip, o pré-pago da Surf Telecom que não desconta dados para navegação no Uber Driver, Waze e Whatsapp.”

Uber Promo

“Com menos demanda, a Uber precisa se reinventar e criar mais oportunidades de ganhos. É por isso que a Uber investe no UberX Promo, uma categoria que oferece viagens a preços 15% a 20% mais baixos e que só opera em horários em que os parceiros estão precisando esperar mais entre uma viagem de UberX e outra.

Os parceiros têm liberdade para decidir se querem ou não aceitar viagens de UberX Promo, mas quem aceita sabe que, com ele, o app não para de tocar.

E sabe que os usuários são, em sua maioria, pessoas que não usavam UberX com frequência, mas agora precisam pensar em fugir das aglomerações, na hora de se locomover.

Pesquisa Datafolha de 2020 mostra que as pessoas que não têm carro consideram apps como a Uber um dos meios mais seguros para se deslocar na pandemia, ao lado da bicicleta.”

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.