Londres está cheia para os Jogos Olímpicos

Paul MacCartney não gostou da ausência de Beckham na seleção olímpica

Como um raio
O jamaicano Usain Bolt é um dos nomes mais badalados da Olimpíada 2012. O rosto do velocista está estampado por todos os lugares. Outdoors, ônibus, placas de publicidade, lojas, shoppings. Por todos os cantos, ele marca presença, fazendo aquele gesto que o deixou famoso em todo o planeta. Em Pequim 2008, o homem mais rápido do mundo conquistou três medalhas de ouro, nos 100m rasos, nos 200m e no revezamento 4x100m. Os olhos do planeta estarão voltados para Bolt, quando ele pisar nas pistas de Londres. Alguém duvida que o caminho será dourado novamente?
 

Fotos Marcelo Cabral/ND

Guanabara
Esse é o nome do bar que reúne brasileiros e apaixonados pelo Brasil em Londres. Roda de samba, noite do forró, dj só tocando música brazuca, rodada de caipirinha com Velho Barreiro, pão de queijo e por aí vai. Quando a seleção verde e amarela entra em campo, o bar costuma ficar lotado. Os funcionários são brasileiros e portugueses e garantem o bom atendimento e aquele sorriso aos frequentadores. Nosso amigo Polidoro Junior, um grande apreciador dos ritmos brasileiros, ia adorar o local. No comando da música, a Dj gaúcha Marília Feix.
 

Cana de Açúcar
Esse é José Carlos Souza, o Kae, 36 anos, nascido em Nova Londrina, interior do Paraná. Kae cortava cana de açúcar e colhia algodão e café quando morava no Brasil. Tentou a sorte do outro lado do mundo e viu, segundo o próprio, a vida melhorar. Já está morando na Europa há sete anos, passou por Londres e Portugal. Em Foz do Iguaçú, onde cresceu, estudou só até a (antiga) 6ª serie do ginásio, mas hoje fala cinco línguas com fluência, está noivo de uma italiana e por enquanto, não tem saudades do Brasil. Uma das muitas “figuras” que encontramos em terras inglesas. Força Kae.

Ele tá irado
O Sir Paul MacCartney está muito indignado. Ele define como  um papelão o fato do craque inglês David Beckham não ter sido convocado para a seleção nacional.  “É um absurdo um astro como o Beckham, que ajudou a trazer as olimpíadas para o nosso país, não participar. Seria uma boa maneira de recompensar um atleta  que nos ajudou tanto ” disse o ex-Beatle. Paul vai tocar na cerimônia de abertura amanhã, no parque olímpico. Se liga na RICTV.  

Torcida brasileira
O Brasil já bateu um recorde nesta olimpíada. Foram mais de 50 mil ingressos vendidos de forma antecipada para os jogos. Os dados foram divulgados através da empresa responsável pela comercialização dos ingressos no país. As entradas para os jogos de voleibol são as mais procuradas até o momento. Aproximadamente 14 mil ingressos vendidos. O futebol vem em segundo com 12 ingressos comercializados.

Lembrei do Brasil
Com os jogos se aproximando, Londres me fez  lembrar do Brasil nos últimos dias. O metrô está lotado a todo o momento.  E ai pensei , parece  lá em Floripa com o latão até a boca.  Que Expressão usada pelos manezinhos, e na qual estou incluído com muito orgulho. Só tem uma diferença. Aqui, se você perder, em dois minutos passa  outro. No Brasil também. O tempo certo é  que não sabemos.