Black Friday: saiba quais os produtos preferidos como ‘iscas’ por golpistas

Criminosos aproveitam da desatenção das vítimas e supostas ofertas relâmpago durante a data para cometer golpes

Um estudo feito por um site especializado em compra e venda e uma plataforma de proteção de identidades digitais indica que eletrônicos são os produtos mais preferidos de golpistas na Black Friday.

Os criminosos aproveitam da desatenção das vítimas e supostas ofertas relâmpago para cometer golpes durante a data que ocorre nesta sexta-feira (26) em todo o mundo. As informações são do R7.

Black Friday ocorre em todo o mundo nesta sexta (26) – Foto: PixabayBlack Friday ocorre em todo o mundo nesta sexta (26) – Foto: Pixabay

Segundo o levantamento, os produtos mais visados pelos criminosos são celulares, que estão envlvidos em 43% dos golpes. Videogames e computadores completam a lista, com 14% e 11%, respectivamente.

Os estados com maior número de casos são Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, sendo 56% se combinados.

Golpe mais aplicado

O golpe mais aplicado na Black Friday é o do falso pagamento, que representa 64% das queixas. Esse crime ocorre quando o cliente paga um boleto não atrelado à loja que realizou a compra

Outra maneira de fazer vítimas é enviar comprovantes de pagamento falsos e receber produtos sem qualquer tipo de transação financeira.

De acordo com a diretora de Produto e Operações da OLX, Beatriz Soares, golpistas usam a agilidade das ofertas de Black Friday para fazer vítimas. Assim, ela recomenda que internautas fiquem atentos às páginas que acessam e verifiquem os links que clicam e e-mail que recebem com ofertas e promoções.

Segundo o estudo, em novembro, quando a Black Friday costuma ocorrer, há um aumento de 78% no uso de IPs de alto risco vinculados a ataques cibernéticos na comparação com outubro.

+

Economia Brasileira

Loading...