Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Exportações de arroz batem 1,5 milhão de toneladas em 2020

Milho está entre os produtos mais exportados

Não é só nas gôndolas de supermercados que o querido arroz está custando a peso de ouro. Veja o poder do grão na balança comercial. Somente as exportações do arroz este ano bateram 1,5 milhão de toneladas para dezenas de países – Mato Grosso, Goiás, Bahia, Piauí, Maranhão e Tocantins são os maiores produtores. O milho é o produto mais vendido ao exterior por plantadores destes Estados: foram 34,5 milhões de toneladas neste 2020. Outros produtos no container foram o algodão em pluma (1,92 milhão T.), feijão (120 mil T.) e trigo (500 mil T.), segundo dados apurados pela Coluna junto à Conab.

Batalha da Saúde

O deputado e médico Osmar Terra (RS), apadrinhado pela bancada do MDB (sempre em todas) tentou uma última cartada no dia 8 de setembro, para convencer o presidente Jair Bolsonaro a nomeá-lo ministro da Saúde. Levou ao Palácio um grupo chamado Médicos pela Vida, todos afinados com o tratamento de cloroquina contra o Covid-19. O restante do script se sabe. Os militares venceram a batalha.

Escola da urna

Dirigentes do MDB decidiram treinar os candidatos deste ano. A Fundação Ulysses Guimarães, ligada ao partido, chamou a Essent Jus, especializada em contabilidade eleitoral, para ajudá-los a lidar com prestação contas, novas regras etc, para evitar problemas futuros com a Justiça Eleitoral.

A ideia é profissionalizar as campanhas e evitar problemas de última hora com a Justiça Eleitoral. Os cursos sobre prestação de contas e novas regras eleitorais começam na próxima semana. A expectativa é de que pelo menos 15 mil candidatos entrem na “escolinha” da Essent Jus.

Banca social 1

O Instituto de Garantias Penais (IGP), com renomados criminalistas de Brasília, criou programa pro bono para defender quem está desamparado pelo sistema de Justiça. Com experiência acumulada em grandes causas, os integrantes do instituto vão oferecer voluntariamente a estrutura de seus escritórios para a defesa dos assistidos.

As causas serão selecionadas por um comitê de avaliação. O projeto poderá fechar convênios com órgãos públicos, instituições de ensino e do terceiro setor.

Terrivelmente evangélico

Um grupo político forte, incluindo a bancada evangélica, articula para convencer o presidente Bolsonaro a indicar o deputado federal João Campos (Republicanos-GO) para uma vaga das vagas futuras no STF. Ele é pastor e delegado da Civil licenciado.

Fora do pódio

A menos de um ano dos Jogos de Tóquio, o Brasil, uma das maiores delegações da Olimpíada, conta com uma figura submersa na burocracia da Esplanada. Marcelo Magalhães, poucos conhecem, é o Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

É o ministro Onyx Lorenzoni, chefe imediato, quem aparecerá na vitrine. O extinto Ministério do Esporte virou sala de luxo na estrutura do Governo.

Acamado

O chefão do PTB, Roberto Jefferson, bolsonarista de primeira hora, está com Covid-19. Garante que se trata com cloroquina, azitromicina, corticóide, zinco e anticoagulante…

Frevo ferve

O federal Túlio Gadelha (PE) diz que vai insistir em se lançar a prefeito do Recife pelo PDT. Na cúpula do partido, já cravam que se queimou com as executivas estadual e nacional. O diretório nacional indicou uma vice para a chapa de João Campos (PSB).

Centralizou

O fundador do liquidado Banco Real, Aloysio Faria, falecido ontem, ainda cuidava do Banco Alfa e empresas do grupo a mão de ferro, centralizador. Quem conhece o clã diz que agora vem a tensão sobre como os herdeiros lidarão com a partilha e administração.