Governo federal cria benefício para caminhoneiros e amplia Auxílio Gás; veja os valores

A PEC conjunta com as duas decisões sobre os auxílios já tramita no Senado; os valores devem ser pagos a partir da aprovação do Congresso Nacional

O governo federal e o Congresso Nacional decidiram ampliar o Auxílio Gás e criar um benefício para caminhoneiros como forma de conter os impactos causados pela alta no preço dos combustíveis. A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) conjunta com as duas decisões já tramita no Senado.

O governo federal e o Congresso Nacional decidiram ampliar o Auxílio Gás e criar um auxílio para caminhoneiros – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/NDO governo federal e o Congresso Nacional decidiram ampliar o Auxílio Gás e criar um auxílio para caminhoneiros – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/ND

A criação de um auxílio financeiro para os caminhoneiros ainda não tem um valor definido, mas deve ser fixado em cerca de R$ 400, assim como o valor mínimo do Auxílio Brasil até o fim do ano para contemplar entre 700 mil e 900 mil trabalhadores da classe.

O governo também vai ampliar o Auxílio Gás, aumentando o valor do subsídio e a quantidade de famílias atendidas. Atualmente o valor é de
R$ 53, que são distribuídos para 6 milhões de brasileiros.

O Auxílio Gás foi criado em novembro do 2022 e é pago a cada dois meses, suprindo 50% do valor de um botijão de gás de 13 kg às famílias beneficiárias.

A sugestão é que o benefício passe a ser de 100%, para que as famílias recebam um valor que efetivamente corresponda ao preço médio do botijão de gás.

Os detalhes foram acertados em uma reunião entre o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), na última terça-feira (21).

A PEC (proposta de emenda à Constituição) conjunta com as duas decisões já tramita no Senado e os valores devem ser pagos a partir da aprovação do Congresso Nacional.

*Com informações do Portal R7

+

Economia Brasileira

Loading...