Inscritos no Bolsa Família começam a receber extensão do auxílio

O valor da extensão do auxílio emergencial é de R$ 300 ou R$ 600, no caso de de mulher provedora de família monoparental

A Caixa realiza hoje (24) o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final seis do Número de Identificação Social (NIS).

Serão atendidas pessoas com Número de Identificação Social final seis  – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com mais esse pagamento, já foram liberados  R$ 2,5 bilhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 9,6 milhões de pessoas que são atendidas pelo Bolsa Família. Ao todo, mais de 16,3 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e receberão, no total, R$ 4,3 bilhões durante o mês de setembro.

Critérios

Para quem recebe o Bolsa Família nada muda. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de Autoatendimento, Unidades Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020. Eles recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial totalizando R$ 300 ou R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

+

Economia Brasileira