Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Quando a máquina para quem perde são os que tocam a economia

Confronto

Os que mandam parar a atividade econômica trabalham para o Estado com salário fixo. Desde o governador até o policial. Os que tocam a economia, empregam e pagam tributos têm salários variáveis. Dependem do movimento da clientela. Quando a máquina para quem perde são os que tocam a economia. Até o dia em que parar o pagamento dos tributos.
Aí ninguém ganha e o caos se instala. É com isto que o governo precisa se preocupar.

Foto: GMF/Divulgação/NDFoto: GMF/Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.