Após novo ato em Florianópolis, trabalhadores da Comcap avaliam greve nesta segunda

Paralisação dos servidores da Comcap já dura cinco dias; trabalhadores realizaram ato durante a manhã deste domingo

Os trabalhadores da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) se reunirão nesta segunda-feira (27), em Florianópolis, para avaliação da greve.

Trabalhadores da Comcap avaliam greve nesta segunda – Foto: Sintrasem/Reprodução/NDTrabalhadores da Comcap avaliam greve nesta segunda – Foto: Sintrasem/Reprodução/ND

De acordo publicação divulgada pelo Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis), os servidores irão se reunir em nova assembleia para discutir o assunto.

Além disso, os trabalhadores fizeram, na manhã deste domingo (26), um ato contra a terceirização do serviço de recolhimento de resíduos na Capital.

Procurada pela reportagem do ND+, a Prefeitura de Florianópolis afirma que não se manifestará sobre o ato dos trabalhadores. Além disso, informa que as empresas credenciadas seguirão trabalhando na coleta enquanto durar a greve.

Conforme a prefeitura, a rota da coleta de resíduos desta segunda-feira (27) ainda não está finalizada, mas a previsão é que sejam menos rotas do que no final de semana.

Entenda o caso

Os servidores anunciaram a greve, na última terça-feira (21), ou seja, cinco dias atrás, por tempo indeterminado. O protesto é contra a terceirização da Comcap por parte da Prefeitura de Florianópolis.

O primeiro dia de paralisação foi marcado por protestos e conflitos entre manifestantes e agentes de segurança. Os manifestantes se concentraram em frente ao CVR (Centro de Valorização de Resíduos), no bairro Itacorubi, e bloquearam a passagem de caminhões.

Desde então, o  desembargador Sérgio Roberto Baasch Luz, do Tribunal de Justiça, autorizar nesta sexta-feira a demissão por justa causa dos trabalhadores em greve.

Baasch argumenta no despacho que houve descumprimento por parte do Sintrasem. Na terça-feira (21), ele tinha determinado ilegalidade da greve, atendendo pedido da procuradoria-geral de Florianópolis.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...