Baixa adesão de financeiras atrasa parcelamento de IPVA em SC

Pela lei, o contribuinte poderá pagar o imposto com cartão de débito ou crédito, mas a realidade ainda não é esta para os proprietários de veículos

Após pouco mais de três meses da regulamentação, ainda é baixa a procura por parte das instituições financeiras em oferecer parcelamento do IPVA (Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores) no cartão de crédito, o que tem dificultado a vida do proprietário de veículos em Santa Catarina.

Parcelamento do IPVA no crédito ainda não funciona em SC – Foto: Flavio Tin/Arquivo/NDParcelamento do IPVA no crédito ainda não funciona em SC – Foto: Flavio Tin/Arquivo/ND

O governo do Estado regulamentou a lei, no dia 15 de março deste ano, que permite o parcelamento do IPVA e de multas de trânsito em até 12 vezes. O decreto com a mudança foi publicado mais de dois meses após a proposta ser aprovada e sancionada.

Pela lei, o contribuinte poderá pagar o imposto com cartão de débito ou crédito. A partir do pagamento da primeira parcela, por exemplo, a situação do veículo será regularizada. Automóveis licenciados em outros Estados ou multas inscritas na dívida ativa não terão o benefício.

Antes, o motorista catarinense poderia optar por parcelar o imposto em apenas três vezes e sem a opção de pagar as infrações de forma parcelada.

A Secretaria de Estado da Fazenda reforçou que já está autorizado o parcelamento em até 12 vezes do IPVA e que agentes arrecadadores credenciados pelo Estado podem oferecer este serviço, inclusive no cartão de crédito.

+

Economia SC

Loading...