Bares e restaurantes de Chapecó terão novo horário de funcionamento

Prefeito Luciano Buligon (PSL) informou que vai editar, ainda nesta semana, o decreto municipal com as novas regras

As atividades de bares, restaurantes e lanchonetes de Chapecó vão ter um novo horário de funcionamento: até às 22h, a partir do próximo sábado (15), no Oeste do Estado. A Secretaria Municipal de Saúde contabiliza 5.373 registros de pacientes infectados pela Covid-19 e 27 mortes. 

Novo decreto deve oficializar o horário de funcionamento – Foto: CDL/Arquivo/Divulgação

O prefeito Luciano Buligon (PSL) informou, nesta quarta-feira (12), que vai editar o decreto municipal que atualmente permite o funcionamento destes estabelecimentos diariamente até às 18h. O documento tem vigência até a próxima sexta-feira (14).

“Vamos editar um decreto esclarecendo que até sexta-feira os estabelecimentos só podem funcionar até às 18h, a partir do sábado até às 22h”, explicou Buligon.

O chefe do executivo municipal salientou que as medidas com restrições serão balizadas conforme os índices de contágio em Chapecó, bem como a conscientização da população sobre a necessidade de manter o distanciamento social.

“Tudo vai depender da sua atitude. Estamos todos os dias avaliando e precisamos ainda mais da conscientização dos empresários na fiscalização e da não aglomeração. Se isso for descumprido, na próxima quinta, quando teremos reunião junto com a Comissão Regional, podemos tomar medidas drástica. Estamos vivendo um período muito crítico”, completou o prefeito.

As medidas vigentes foram oficializadas no último dia 30 de julho e começaram a valer em 1º de agosto. As decisões foram baseadas em números e índices apresentados em reunião que, aconteceu na terça-feira (28), com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus.

Estão valendo ainda restrições que anteriormente já haviam sido divulgadas, entre elas: parques, praças e áreas de lazer estão fechados; bandejões, restaurantes populares estão seguem sem atendimento; as aulas estão suspensas e sem previsão de retorno; ações de inclusão do idoso também estão canceladas.

Dados atualizados nesta quarta-feira (12) – Foto: Prefeitura de Chapecó/ND

+

Economia SC