Bloqueio em distribuidora da Grande Florianópolis é liberado; veja situação dos postos

Ato completou quase 15 horas e cerca de 11 foram tanques impedidos de abastecer postos da Grande Florianópolis

Após 15h de obstrução, os caminhoneiros liberaram nesta quinta-feira (9) o bloqueio realizado na distribuidora da Petrobras em Biguaçu. Esta paralisação era a responsável pelo desabastecimento nos postos da Grande Florianópolis.

A desarticulação do ato ocorreu após negociação com a PMRv (Polícia Militar Rodoviária) e por pressão das decisões judiciais publicadas nesta quarta-feira (8) que estabelecem multa aos manifestantes que insistirem nos atos.

Caminhões foram escoltados pela PMRv – Vídeo: PMRv/Divulgação/ND

O vice-presidente do Sindópolis, Joel Fernandes, disse que os combustíveis chegam gradativamente aos postos. Após a liberação, a expectativa é de que os estabelecimentos sejam reabastecidos em dois ou três dias. Segundo ele, no momento, 80% dos postos da Grande Florianópolis estão sem combustível. A região é abastecida pelas unidades de Biguaçu e Itajaí.

Conforme a PMRv, que atuou conjuntamente com a Polícia Militar, cerca de 11 tanques de abastecimento foram barrados pelos manifestantes. Ao todo, seis ficaram trancados dentro da unidade de distribuição e outros cinco foram impedidos de entrar. A situação comprometeu o abastecimento na Grande Florianópolis.

“A negociação começou hoje e evoluiu com a decisão judicial. Não foi preciso usar coerção”, afirma o coronel Marcos Vinicius dos Santos, comandante do 1°Batalhão da PMRv. Cerca de 50 caminhões realizavam o bloqueio.

Bloqueio em distribuidora da Grande Florianópolis é liberado e situação nos postos deve ser normalizada em 3 diasPolícia Militar Rodoviária negociou com manfiestantes – Foto: PMRv/Divulgação/ND

Abastecimento dos postos

O plano dos manifestantes era manter o bloqueio até as primeiras horas da madrugada desta sexta-feira (10). “Orientamos a pararem o movimento pois estava perdendo força no Brasil. Depois só ganharia antipatia da comunidade e causaria transtorno aos serviços”, afirma o Comandante.

Caso a liberação não fosse acatada, a polícia tinha o aval para utilizar força com o objetivo de normalizar a situação do trecho. Ao todo, a Justiça Federal publicou três decisões que enfraquecem os movimentos, estabelecendo multas aos manifestantes que insistirem nos bloqueios.

Elas definem a liberação da passagem de caminhões da BRF em todos os trechos da BR-101 e da BR-116. Uma terceira estabelece a liberação dos bloqueios no trecho compreendido entre o município de Paulo Lopes e a divisa com o Rio Grande do Sul.

Bloqueios

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) por volta das 15h30 a situação dos bloqueios em Santa Catarina. Há ainda 11 atos:

BR 280
km – 2,4 São Francisco do Sul
km 10 – São Francisco do Sul
km 22 – Araquari
km 45 – Guaramirim
km 55 – Guaramirim
km 121 – São Bento do Sul
km 230 – Canoinhas

BR 116
km 07 – Mafra

BR 282
km 606 Maravilha
km 646 São Miguel do Oeste

BR 153
km 101 Concórdia

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...