Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Câmara de Vereadores ignora vocação tecnológica de Florianópolis

Projeto que permitia que estabelecimentos comerciais apresentassem documentos por meio digital foi rejeitado em segunda votação

A  Câmara de Florianópolis ignorou a vocação tecnológica da cidade, e o título de Ilha do Silício, e rejeitou projeto da vereadora Manu Vieira (Novo) que permitia que documentos públicos – como alvarás e o Código de Defesa do Consumidor – pudessem ser apresentados por QR Code. O curioso é que a proposta não teve votos suficientes na segunda votação, depois de já ter sido aprovada na primeira.

Projeto permitia que documentos públicos fossem disponibilizados por meio de QR Code – Foto: Leo Munhoz/NDProjeto permitia que documentos públicos fossem disponibilizados por meio de QR Code – Foto: Leo Munhoz/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...