Campanha incentiva o consumo de água mineral catarinense

Em Santa Catarina há 22 fontes de água mineral, sendo que 18 delas são utilizadas por indústrias associadas da Acinam

A Acinam (Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral) lançou uma campanha com o objetivo de alertar o consumidor para a escolha que ele faz na hora de comprar água mineral envasada. O aumento do consumo de águas de outros Estados, alerta a associação, pode prejudicar a saúde financeira de Santa Catarina, assim como a saúde física do consumidor.

Água mineral catarinense é considerada uma das melhores do Planeta – Foto: José Somensi/Acinam/ND

Tarciano Oliveira, presidente da Acinam, explica que a campanha foi desenvolvida após a entidade ter comprovado a queda nas vendas das marcas de água mineral catarinense. “Ocorreu o afunilamento das vendas desde o início da pandemia porque houve o fechamento de alguns pontos de venda e então os Estados vizinhos começaram a entrar em Santa Catarina”, diz.

Ele salienta que as indústrias de fora “não deixam um centavo de tributo no Estado” e que o consumidor precisa entender que ao comprar de indústria local estará fortalecendo a economia catarinense.

“Quando o cliente opta por comprar água de fora está sendo injusto consigo mesmo porque não contribui com o seu bem-estar social. Com os impostos que essas empresas recolhem para os seus Estados podem ser construídos hospitais e comprados respiradores. Temos que fortalecer a economia do nosso Estado”, argumenta Tarciano.

De olho no rótulo

Para o presidente da Acinam, o consumidor catarinense não age conscientemente contra o Estado ao adquirir mercadorias de outros Estados, seja água ou outro item. Ainda é tímida a cultura de verificar o rótulo do produto. “A campanha quer fazer o consumidor observar a origem do produto e também sua composição. É fácil avaliar a qualidade da água de Santa Catarina, reconhecida mundialmente”, diz.

A associação representa cerca de 80% das indústrias envasadoras de água mineral em Santa Catarina, que são responsáveis por gerar cerca de dois mil empregos diretos e 10 mil indiretos. “O consumidor e o comerciante têm que ajudar a economia local. Quem está ao lado do catarinense quando temos problemas? O catarinense. Não vem ninguém de fora oferecer ajuda”, aponta Tarciano Oliveira.

Qualidade

Em Santa Catarina há 22 fontes de água mineral, sendo que 18 delas são utilizadas por indústrias associadas da Acinam. De acordo com Oliveira, a água catarinense é mundialmente reconhecida como uma das melhores do planeta. “É uma água leve, ideal para o dia a dia pois tem um equilíbrio de minerais”, salienta.

O presidente da Acinam diz que a água mineral de Santa Catarina tem mais garantia para a saúde do consumidor porque não há excesso de sódio ou fluoreto. “Ao comprar a água mineral catarinense, o cliente tem a garantia de que vai consumir um produto de excelente qualidade, além de contribuir com o Estado”, afirma.

+

Economia SC