Comércio de Chapecó libera provadores após atualização do mapa de risco

Sindicato do Comércio da Região de Chapecó cita uma série de medidas sanitárias para o uso dos espaços

A região de Chapecó saiu do nível grave (laranja) no Mapa de Risco Potencial da Covid-19 e passou para o risco alto (amarelo). A informação foi divulgada na sexta-feira  (2) pela SES (Secretaria de Estado da Saúde).

Com mapa de risco menor, comércio de Chapecó pode utilizar provadores – Foto: Reprodução/NDCom mapa de risco menor, comércio de Chapecó pode utilizar provadores – Foto: Reprodução/ND

Dessa forma, Chapecó e outros municípios da região contam com algumas liberações entre elas, o uso de provadores no comércio.  O Sicom (Sindicato do Comércio da Região de Chapecó) diz que as lojas podem utilizar os provadores de roupas, mas com uma série de medidas sanitárias. 

Entre as orientações estão a desinfecção do espaço após cada uso, a limpeza das peças de confecções e o uso de máscaras e higienização das mãos antes e depois das provas.

Na quinta-feira (1º), a Secretaria de Estado de Saúde havia anunciado que as medidas de monitoramento passariam por atualizações. Entretanto, continua a avaliação dos índices de transmissibilidade, monitoramento, dimensões, mortalidade e capacidade de atenção nas 16 Regiões de Saúde do Estado, considerando quatro mapas de risco: gravíssimo, grave, alto e moderado.

Além da liberação dos provadores de roupas, nas cidades com risco alto estão liberados o funcionamento das aulas presenciais nas redes pública e privada, o aumento da lotação de templos religiosos em até 70% e a realização de congressos ou feiras com até 40% de público.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...