Concórdia teve aumento de 40% na arrecadação com o IPVA

Tributo é o quarto em contribuição com o orçamento geral do município; crescimento na frota de veículos emplacados é de quase 14%

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), cobrado anualmente pelo governo de Santa Catarina, teve, nos últimos quatro anos, um incremento de 40% na receita do município de Concórdia, no Oeste do Estado

veículos transitando nas ruas de Concórdia.IPVA é o quarto tributo em geração de recursos para a administração pública de Concórdia. – Foto: Prefeitura de Concórdia/Divulgação/ND

De acordo com o secretário municipal da Fazenda de Concórdia, Enori Bolsi, o valor arrecadado pelo tributo é dividido pela metade entre Estado e Município, e entra no orçamento geral da administração pública, não havendo uma destinação específica. 

“Por isso é importante as pessoas que residem em Concórdia emplacarem aqui o seu veículo”, enfatiza Bolsi. 

Os números apresentados pelo secretário mostram que no ano de 2017 a prefeitura recebeu  R$ 11,181 milhões e ao fim de 2020, R$ 15,641 milhões.

Crescimento na frota de veículos

O IPVA reflete um crescimento na frota de veículos emplacados em Concórdia, em quase 14% nos últimos quatro anos. O município saltou de 62.876 em 2017 para 71.428 veículos em 2020, segundo registros do Detran (Departamento de Trânsito de Santa Catarina).

“Hoje o IPVA é o quarto tributo em geração de recursos para a administração. Os primeiros pela ordem são o ICMS, FPM e o ISS”, revela Enori Bolsi.

Atualmente são mais de 34 mil automóveis, quase 11 mil motos, cerca de 9 mil camionetes e cerca de 6 mil caminhões emplacados em Concórdia. A frota contrasta com o tamanho da população, estimada pelo IBGE em 75.167 pessoas, ou seja, 1,05 habitante por veículo.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Economia SC