Marcelo Nunes

marcelonunesitj@gmail.com O Litoral Norte de Santa Catarina em foco diariamente com Marcelo Nunes, que trará os destaques na região, além de fatos exclusivos trazidos pelo jornalista, com 12 anos de atuação.


Conheça mais sobre os ‘bolsões’ descarregados no Porto de Itajaí

Navio que veio da China trouxe "Big Bags", uma alternativa mais econômica para o mercado logístico internacional

Atracou no sábado (30) no berço 4 do Porto de Itajaí, o navio Kiwi Arrow de bandeira panamenha, a embarcação com quase 200 metros de comprimento deve ficar no Litoral Norte até a próxima quarta-feira (04).

Com origem na China, o Kiwi Arrow trouxe ao Litoral Catarina, uma carga de 12500 toneladas de Sulfato de Manganês, um produto bastante utilizado na fabricação de ração animal e fertilizantes.

Vale lembrar que o Brasil é o quarto maior consumidor mundial de fertilizantes.

A carga foi embarcada no país asiático no modo “Big Bag”, após a descarga em Itajaí, o material segue para o Porto de São Francisco do Sul no Norte do Estado.

Navio chegou com as “big bags” chegou a Itajaí no sábado – Foto: Divulgação COSEG/SPI/NDNavio chegou com as “big bags” chegou a Itajaí no sábado – Foto: Divulgação COSEG/SPI/ND

“As Big Bags” ganharam ainda mais evidência na fase dura da pandemia da Covid-19 com a falta de oferta de contêineres.

Esses bolsões oferecem facilidade no processo logístico, desde o carregamento, até o processo de estocagem e rapidez para a descarga.

Uma bolsa pode comportar até 2 mil quilos por embalagem e também proporciona o controle do desperdício, além de ser uma opção bem mais barata para o transportador.

Navio com bandeira panamenha segue em Itajaí até a quarta-feira (4) – Foto: COSEG/SPI/Divulgação/NDNavio com bandeira panamenha segue em Itajaí até a quarta-feira (4) – Foto: COSEG/SPI/Divulgação/ND

Dados de outubro do ano passado, divulgados pela consultoria Drewry Shipping de Londres na Inglaterra revelam que o índice de preços dos contêineres seguem em alta.

Um reefer de 40 pés, há cinco anos, tinha valor estimado de frete marítimo de pouco mais de 2 mil dólares, no ano passado, com o mesmo volume e carga, o valor médio chega a 6 mil dólares.

Imagens mostram carga armazenada no Porto de Itajaí – Foto: COSEG/SPI/Divulgação/NDImagens mostram carga armazenada no Porto de Itajaí – Foto: COSEG/SPI/Divulgação/ND

O superintendente do Porto de Itajaí Fábio da Veiga explica que os portos de Itajaí e Navegantes tem totais condições de receber mais cargas via “big bags”.

“O Porto de Itajaí possui condições apropriadas para manter a segurança desse tipo de operação, assim como, atender qualquer e possível exigência de órgãos como a Receita Federal, Anvisa, e também, da Autoridade Portuária”, explicou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...