Corporate Park, espaço inovador no Norte da Ilha

Empreendimento nasceu pioneiro em sustentabilidade e tecnologia e trouxe novo conceito em parques corporativos de grande porte e infraestrutura especializada para sediar empresas de TI na Capital

Sistema de piso elevado e gerador compartilhado para empresas são diferenciais do espaço – Divulgação/ND

Primeiro parque corporativo de grande porte da cidade, o Corporate Park já nasceu pioneiro em sustentabilidade e tecnologia e ajudou a impulsionar o setor em Florianópolis. Hoje se consagra como um hub de TI, convivência, cultura e lazer.

Quando abriu as portas, há 10 anos, não existiam em Santa Catarina parques corporativos de grande porte e com infraestrutura especializada e apta a sediar empresas de TI. O Corporate Park foi pioneiro também em aplicar conceitos de sustentabilidade na construção. Em 2020 o empreendimento comemorou 11 anos de atividades.

“Criamos um conceito que não existia em Florianópolis: o de parques corporativos, onde as empresas, sobretudo de TI, poderiam ter amplos espaços com alta tecnologia de construção e comunicações. Tudo isso aliado a áreas verdes, estacionamento amplo, acesso fácil e estrutura de serviços”, afirma Felipe Campos Didoné, Diretor da Rá Incorporações, empresa responsável pela construção e administração do empreendimento.

O Corporate Park se tornou referência para outros empreendimentos que foram inaugurados depois no Norte da Ilha – na época, uma região considerada fora do circuito central da Capital e carente de empreendimentos comerciais. Passada uma década, o espaço segue atual em termos de tecnologia e sustentabilidade e é competitivo em preço de aluguel e condições de locação.

Entre os diferenciais do empreendimento, estão o sistema de piso elevado e gerador compartilhado para as empresas. O Corporate Park também abriga o único cinema de Florianópolis com programação exclusiva de filmes de arte e independente.

Neste ano, o empreendimento investe na execução de um moderno sistema de renovação de ar nas salas e a melhoria do acesso junto ao trevo de Santo Antônio de Lisboa.

Estrutura do empreendimento foi pensada para ter o mínimo impacto ambiental – Divulgação/ND

Parque Corporativo Sustentável

De acordo com Felipe Campos Didoné, o Corporate Park foi pensado para ter o mínimo impacto ambiental. O empreendimento foi inovador em administração de recursos hídricos e hoje tem 100% da água coletada e tratada, a água da chuva é reutilizada para reciclagem da água dos lagos e a água tratada é utilizada para a irrigação dos jardins.

O empreendimento tem um moderno sistema de geração de energia solar com capacidade de gerar 120.000 kWh por ano.

Outra característica é o extensivo paisagismo, que atua como uma barreira e filtro para os gases poluentes vindos da rodovia SC-401 e ainda protege do barulho. A partir do conceito de ecossistema urbano — afinal, áreas verdes melhoram a saúde mental e física das pessoas —o Corporate Park possui espaços com plantas, flores e lago para descanso, exercícios e até mesmo reuniões.

A reciclagem de resíduos é outro ponto de inovação. Todo o resíduo gerado no empreendimento tem a destinação correta. Os resíduos orgânicos vão para compostagem e retornam para o empreendimento como adubo e todos os demais resíduos são reciclados.

Com todas estas iniciativas o empreendimento está se preparando para a Certificação ambiental LEED emitida pelo Green Building Council Brasil.

Impulso para o setor de tecnologia

Algumas das mais importantes empresas do mercado de Tecnologia da Informação do Estado hoje estão sediadas no Corporate Park: Paradigma, Cianet, Wplex, Seventh, Delinea, Clipescola, Checklist Fácil, Gestão OPME, Extra Digital, Wecom e Aqtech, entre outras.

Em 2009, o setor de TI já era forte em SC e desde então o mercado cresceu como um todo, graças à chegada de novas empresas de fora e ao aumento de aportes e fundos de investimentos.

“Cerca de 70% do Corporate Park está ocupado por empresas de tecnologia. Quando inauguramos, a carência de espaços adequados era um gargalo para o crescimento das organizações. O Corporate Park contribuiu para que muitos negócios pudessem crescer nesse período. Alguns inclusive tinham filiais em outros estados e poderiam ter direcionado investimento para outros locais caso não tivessem encontrado na cidade um bom espaço”, relembra Didoné.

O Corporate Park em números

24 mil metros quadrados num terreno de 27,5 mil metros quadrados

Inaugurado em maio de 2009

60 empresas instaladas

1000 pessoas (colaboradores dos negócios instalados)

400 vagas de estacionamento

1 Centro de Eventos

Gerador de 450 kVA

 

Diferenciais do Corporate Park

Salas iluminadas e arejadas.

Sistema de renovação permanente do ar (em implantação).

Acesso as salas sem necessidade de passagem por portaria ou controle de acesso.

Grande área verde com espaços de convivência e descompressão ao ar livre.

+

Aniversário ND