CRECI/SC oferece condições para corretores de imóveis voltarem ao mercado de trabalho

Pagamento da anuidade em parcela única pode ser quitado sem encargos até 25 de agosto; débitos de anos anteriores podem ser pagos em parcelas a partir de R$ 120

O CRECI/SC oferece a possibilidade da renegociação das dívidas da anuidade – Foto: iStockphoto/ND

Os impactos e desafios impostos pela pandemia do coronavírus mudaram as relações pessoais, profissionais e transformaram os negócios em todos os segmentos econômicos nacionais e mundiais. Em Santa Catarina, com o objetivo de auxiliar os profissionais e impulsionar o setor neste momento, o CRECI/SC (Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina) oferece a possibilidade da renegociação das dívidas da anuidade (que permite a regularização para o exercício legal da atividade) de anos anteriores, além de condições especiais de para o pagamento da anuidade profissional (REFIS), que habilita os corretores a atuarem legalmente na área.

Em junho deste ano, foi publicada a resolução 1.436/2020, que estabelece o novo prazo de pagamento da anuidade, em decorrência da pandemia de Covid-19 e os impactos econômicos na atividade profissional. O pagamento do valor original da anuidade 2020, poderá ser quitado até o próximo dia 25 de agosto sem encargos em parcela única.

Para o parcelamento, os valores começam a partir de R$ 120 por mês, em parcelas ilimitadas, sem multa, sem correção monetária e com juros mensais de apenas 1%. É a primeira vez que o COFECI (Conselho Federal de Corretores de Imóveis) e os conselhos estaduais oferecem essas condições.

“A intenção, explica o presidente do CRECI/SC, Antonio Moser, é facilitar o retorno de profissionais afastados ao mercado de trabalho.

“Os setores da construção civil e o imobiliário já estão se recuperando da estagnação causada pela chegada do coronavírus. Neste cenário, muitos corretores continuam sem trabalhar porque não pagaram a anuidade e por débitos antigos com o Conselho. Então, o Sistema COFECI-CRECI, em decisão conjunta com os CRECIs de todo o Brasil, analisou a situação e decidiu oferecer condições diferenciadas, facilitadas, para que os profissionais possam regularizar suas dívidas, a longo prazo, e possam voltar a atuar o mais rápido possível. É uma ótima oportunidade para a regularização destes débitos”, destaca Moser.

Débitos de anos anteriores

Os prazos e formas de parcelamento das anuidades de anos anteriores também foram alteradas. Estes débitos podem ser pagos, por exemplo, em várias parcelas mensais, desde que nenhuma delas seja inferior ao valor de R$120.  A data limite da negociação é até 31 de agosto de 2020.

A possibilidade de negociação é até o dia 31 de agosto   – Foto: iStockphoto/ND

A primeira parcela dos débitos de anos anteriores deve ser paga no ato do acordo e as demais para os meses subsequentes.

A grande facilidade do REFIS é que as anuidades ficam isentas de multas e correção monetária. No entanto, os valores ficaram equiparados ao da Anuidade de 2020, corrigida conforme a legislação.

Mais informações sobre o pagamento e a renegociação podem ser encontradas no site do CRECI/SC: www.creci-sc.gov.br

Outros canais para tirar as dúvidas:

  • financeiro@creci-sc.gov.br
  • https://www.creci-sc.gov.br/contato/fale-conosco/

A sede do CRECI/SC em Florianópolis está fechada para atendimento externo devido às restrições impostas pelas autoridades municipais e estaduais em decorrência da pandemia. O atendimento é realizado de forma virtual, por meio do formulário de contato: https://www.creci-sc.gov.br/contato/fale-conosco/

+

Mês do Corretor