Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Crédito para microempreendedores individuais a partir da próxima semana em SC

O  SC Mais Renda Empresarial realizará a partir da próxima quarta-feira,  operações de crédito para microempreendedores individuais ,MEIs

O  SC Mais Renda Empresarial realizará a partir da próxima quarta-feira,  operações de crédito para microempreendedores individuais ,MEIs. O programa oferece linhas de crédito de até R$ 100 mil com juros subsidiados integralmente pelo Governo do Estado para aqueles que estiverem adimplentes. O Programa foi criado para atender empreendedores afetados pela pandemia de Covid-19.

Microempreendedores Individuais poderão receber empréstimos a partir da próxima semana- Foto: Pixabay/Divulgação/NDMicroempreendedores Individuais poderão receber empréstimos a partir da próxima semana- Foto: Pixabay/Divulgação/ND

Os empréstimos são viabilizados pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), com apoio de cooperativas de crédito conveniadas.

A primeira cooperativa que vai operacionalizar os créditos para MEIs é a Cresol. A partir do dia 22 de setembro, serão realizados atendimentos nos municípios de Curitibanos, Campos Novos, Frei Rogério, Santa Cecília, São José do Cerrito, Dona Emma, Ibirama, Presidente Getúlio, Mirim Doce, Taió, Irineópolis, Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Major Vieira, Monte Castelo, Porto União, Apiúna, Indaial, Lontras, Ascurra, Presidente Nereu e Rio do Sul.

A partir do dia 30 de setembro a parceria se estenderá com o Sicoob em 95 municípios catarinenses.

“No caso dos MEIs, serão disponibilizados até R$ 10 mil, com prazo de carência de seis meses e de amortização de até doze meses”, revela a secretária adjunta da Fazenda (SEF), Michele Roncalio.

Desde que o SC Mais Renda Empresarial foi lançado, foram aprovadas 621 operações de crédito, totalizando R$ 51,14 milhões. “Em média, foram disponibilizados R$ 82 mil para cada MPE com contrato aprovado”, sintetizou a secretária adjunta da SEF, Michele Roncalio. Para MPEs os atendimentos são realizados tanto pelo BRDE quanto pelo Badesc. O valor contratual é de até R$ 100 mil, com prazo máximo de carência de até 12 meses e de amortização de até 36 meses.

Podem solicitar o empréstimo MPEs com faturamento bruto de até R$ 4,8 milhões por ano e é necessário que a atividade principal ou secundária seja nos setores de turismo, bares, restaurantes, eventos, educação, transportes, salões de beleza e estética, comércio varejista e atacadista, atividades de contabilidade, artigos de vestuário e confecções de vestuário.

Além do pagamento das parcelas em dia para ter direito aos juros subsidiados, os micro e pequenos empreendedores beneficiados devem manter quadro de funcionários compatível com a realização da sua atividade econômica, mantendo, no mínimo, o mesmo quadro de funcionários pelo período da carência concedida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...