João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Deoclesio Pavei, da discrição e humildade à medalha no peito e uma história que orgulha

Entre os homenageados com a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina, na FIESC, a história de um personagem que construiu um império tijolo a tijolo até erguer um castelo de credibilidade

Todos os homenageados possuem os seus méritos e histórias ímpares. Com o construtor Deoclesio Pavei, do Sul de SC, não é diferente. As peculiaridades da sua marca pessoal reconhecida pelo trabalho que iniciou com a humildade de um homem de mão na massa até se tornar dono de uma das principias marcas do setor da construção civil, são dignas de homenagem sim.

Antônio Deoclesio Pavei (centro) recebeu a Medalha de Mérito Industrial na sede da FIESC nesta sexta-feira (24). – Foto: DivulgaçãoAntônio Deoclesio Pavei (centro) recebeu a Medalha de Mérito Industrial na sede da FIESC nesta sexta-feira (24). – Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (24), na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Pavei foi um dos homenageados com a Medalha da Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina. Este é um reconhecimento da instituição aos personagens que constroem história.

Antônio Deoclesio Pavei é dono da Construtora Pavei, cuja sede está em Criciúma, mas tem obras em todo o Sul do país. Nasceu em Araranguá e há 50 anos começou como servente. Da simplicidade de um homem que sempre colocou a mão na massa até os dias de hoje o reconhecimento é permanente, mas o prêmio tem um sabor especial, como ele mesmo reconheceu ao falar à NDTV.

De hábitos simples, conhecedor de cada centímetro de obra que constrói, Deoclesio tem a incrível capacidade de olhar com a precisão de uma régua qualquer construção. Impressiona-se quem não o conhece. Se alguém o ver, seja nas obras, no dia a dia da cidade ou mesmo numa roda de viola preferencialmente de música caipira ou gauchesca, não imagina o gigante que está por trás deste personagem.

Atualmente se dá o luxo de dividir com os cinco filhos e colaborares de confiança arraigados com o passar dos anos a responsabilidade pelas muitas obras. Tem forte trabalho social no reconhecido Bairro da Juventude que atende centenas de crianças carentes. Ele ainda se dedica ao Criciúma Esporte Clube, além de outras ações. Discreto em todos os seus movimentos pode ser considerado uma das homenagens mais aplaudidas pela população do sul entre muitas outras igualmente importantes.

INSTITUIÇÕES DO SUL

A FIESC entregou ainda homenagem ao Sindicato da Industria do Carvão. – Foto: FIESCA FIESC entregou ainda homenagem ao Sindicato da Industria do Carvão. – Foto: FIESC

A FIESC homenageou ainda nesta sexta-feira (24) o Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc) e na categoria bronze, pelos 25 anos de filiação, o Sindicato da Indústria de Massas Alimentícias e Biscoitos do Sul Catarinense (Sindmab).

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...