Entidades e políticos se manifestam pela morte de presidente da Aurora

Mário Lanznaster morreu na madrugada deste domingo (18) em Chapecó, no Oeste do Estado

Entidades e políticos manifestaram seu pesar na manhã deste domingo (18) pela morte do empresário Mário Lanznaster, de 80 anos. Ele morreu durante a madrugada em um hospital particular de Chapecó, no Oeste do Estado.

Lanznaster era um empreendedor visionário – Foto: Divulgação

A bancada do Oeste da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) disse em seu comunicado que Lanznastet “ganhou o respeito e admiração catarinense e nacional como cooperativista”. Além disso, os deputados relembraram a comenda de Mérito Empresarial, recebida pelo empresário em 2006 na Assembleia (veja a nota oficial ao fim da matéria).

Já a Chapecoense, em nota, relembrou a trajetória de Lanznaster e destacou que ele foi um dos responsáveis por “evidenciar Chapecó e todo o potencial do município”, além de acreditar no clube o patrocinando desde 2007.

Chapecoense também lamentou a morte do empresário na manhã deste domingo – Foto: Chapecoense/Divulgação

Fiesc relembra trajetória de Mário em vídeo

O presidente da Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina), Mário Cezar Aguiar, disse que “Lanznaster nos deixa o exemplo da dedicação ao trabalho, liderou com bravura o empreendimento cooperativo que administrou, colocando-o entre os maiores conglomerados do setor alimentício brasileiro”. O empresário, além de presidente da Aurora Alimentos, era vice-presidente da FIESC para Assuntos Estratégicos.

A entidade também relembrou um vídeo feito em homenagem a Lanznaster durante a outorga da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria, em 2015.

A Fecoagro (Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina) também divulgou uma nota de pesar onde destacou as virtudes humanas, as qualidades de um líder exemplar e o espírito empresarial de Mário.

Mário Lanznaster presidia a Aurora Alimentos desde 2007 e estava em seu quarto mandato. Antes, presidiu a Cooperativa Agroindustrial Alfa de 1997 a 2009. Além disso, por dois anos, exerceu simultaneamente as presidências da Aurora e da Alfa.

O velório de Mário ocorrerá a partir das 12h no Ginásio de Esportes da unidade Frigorifico Aurora Chapecó II (FACH II), no bairro SAIC, em Chapecó. Já o sepultamento será às 17h30, com cortejo fúnebre, no Cemitério Jardim do Éden.

Tanto a Prefeitura de Chapecó quanto o Governo de Santa Catarina decretaram luto oficial de três dias pela morte do empresário.

Bancada do Oeste da Alesc

“É com profundo pesar que a bancada do Oeste da Assembleia Legislativa de Santa Catarina recebe a notícia do falecimento do cidadão, empresário e grande líder cooperativista de Santa Catarina e do Brasil,  Mário Lanznaster, ocorrido nesta madrugada.

Mário Lanznaster ganhou o respeito e admiração catarinense e nacional como cooperativista, tendo ocupado as mais distintas funções e cargos na área, chegando à presidência de duas das maiores cooperativas do país, exercendo atualmente a presidência da Cooperativa Central Aurora Alimentos.

Mário Lanznaster recebeu da Alesc a comenda de Mérito Empresarial Carl Franz Albert Hoepcke, em sessão solene de outorga na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina em Florianópolis/SC, no dia 15/05/2006.

Em nome dos catarinenses e da Assembleia Legislativa manifestamos o nosso profundo pesar.

Bancada do Oeste

Assembleia Legislativa de Santa Catarina”

Chapecoense

“A Associação Chapecoense de Futebol recebeu, neste domingo (18), a dura notícia do falecimento do senhor Mário Lanznaster – presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos, grande parceira e apoiadora da agremiação alviverde – ocorrido às 4h23 de hoje, no Hospital Unimed, em Chapecó.

Catarinense da cidade de Presidente Getúlio, Lanznaster foi suinocultor por 40 anos, era formado em Agronomia e em Engenharia da Segurança do Trabalho, atuou como extensionista rural e assessor técnico. Além de presidir a Aurora Alimentos desde 2007, atuou ativamente, e em diversos momentos, em frentes importantes para o setor. Foi vice-presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC); presidente da Sociedade Amigos de Chapecó (SAC); vice-presidente para assuntos estratégicos do agronegócio da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC).

Pela incansável dedicação, ao longo da vida, à valorização do agronegócio e, principalmente, do cooperativismo, Lanznaster se tornou referência e liderança no assunto não somente na região ou no estado, mas em todo o Brasil. Através disso, também, foi um dos grandes responsáveis por evidenciar Chapecó e todo o potencial do município.

O mesmo aconteceu em relação à Chapecoense: Desde 2007, a marca da Aurora vem sendo protagonista nos mantos alviverdes, muito pela crença de Lanznaster no potencial do clube e pela confiança no trabalho desempenhado por todos os envolvidos. O apoio ao clube da cidade, sempre reconhecido e valorizado, foi especialmente lembrado em julho de 2018, quando Mário Lanznaster deu o nome ao Troféu entregue às equipes participantes do amistoso entre Chapecoense e San Lorenzo.

Diante disso, pode-se afirmar que Mário Lanznaster deixa, como legado e grande lição, a noção da importância de valorizar e se orgulhar das próprias raízes e de sempre lembrar que mesmo que possamos ser bons sozinhos, seremos ainda melhores se cooperarmos uns com os outros. Por sempre ter feito tanto por Chapecó e por todos os chapecoenses, a Associação Chapecoense de Futebol – através da sua diretoria – exalta o sentimento de mais profundo pesar, mas, além disso, de extrema gratidão. O clube deseja força aos familiares para que possam enfrentar a triste perda.” 

+

Economia SC