Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Impeachment em SC: entidades empresariais pedem decisão rápida

Além disso, setor produtivo propõe "que não ocorram alterações relevantes na estrutura de governo"

Em nome da “segurança jurídica e institucional em Santa Catarina”, o
Cofem (Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina) está defendendo rapidez no processo de julgamento de impeachment do governador Carlos Moisés (PSL).

Além disso, para “preservar a estabilidade”, o conselho propõe “que não ocorram alterações relevantes na estrutura de governo até que haja a decisão definitiva sobre a questão”. O posicionamento foi divulgado nesta segunda-feira (12).

Governador Carlos Moisés – Foto: Leo Munhoz/ NDGovernador Carlos Moisés – Foto: Leo Munhoz/ ND

Até ag0ra a governadora interina Daniela Reinehr (sem partido) já mudou 10 nomes do primeiro escalão do Executivo.

O Cofem é composto pelas Fiesc (Federações das Indústrias de SC),  Fecomércio , Faesc, Fetrancesc, Facisc, FCDL, Fampesc e Sebrae-SC.

Ainda não há data confirmada para o julgamento do impeachment pelo tribunal misto, mas uma previsão é de que a sessão ocorra até o início de maio.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.