Fim de semana de praias cheias indica aquecimento do turismo no feriado em SC

Praias dos Ingleses e Canasvieiras, no Norte da Ilha de Santa Catarina, tiveram um grande movimento de turistas e moradores, que aproveitaram o dia de sol e com poucas nuvens

O fim de semana do feriado prolongado do Dia da Independência foi animador para o turismo catarinense. O sol apareceu, fez as praias e a hotelaria de Florianópolis registrarem um movimento acima do esperado e gerou expectativa positiva para a temporada de verão.

Fim de semana de praias cheias indicam aquecimento do turismo no feriado em SC – Foto: Leo Munhoz/NDFim de semana de praias cheias indicam aquecimento do turismo no feriado em SC – Foto: Leo Munhoz/ND

No Norte da Ilha, o fluxo de pessoas nas praias de Ingleses e Canasvieiras lembrava os feriadões de antes da pandemia da Covid-19. O público era formado, principalmente, por visitantes do Rio Grande do Sul e de outras cidades catarinenses. Na areia, crianças e adolescentes aproveitaram o bom tempo para jogar bola ou frescobol.

“Segunda vez que nós viemos passar um feriadão aqui. Gostamos muito”, disse Vicente Gomes, 48, que viajou de carro por mais de 12 horas, de Alegrete – cidade do Sudoeste do Rio Grande do Sul – até Florianópolis, acompanhado da esposa e da filha.

Segundo ele, a viagem já estava programada, mas a inconstância do tempo chegou a fazer repensar se viria à capital catarinense. A família gaúcha ficará na cidade até esta quarta-feira (8).

A família de Alegrete faz parte da tendência do perfil dos turistas que visitaram a Capital no feriado prolongado. De acordo com a Superintendência de Turismo da Prefeitura de Florianópolis, a maioria dos visitantes é de cidades catarinenses, seguido de turistas do Rio Grande do Sul.

Historicamente, os Estados do Sul e São Paulo são os principais emissores de turistas para Santa Catarina. “Deu um solzinho, vamos para Floripa”, comentou a administradora Cristiane Valença, que se deslocou de Lages a Florianópolis. Ela está em uma das pousadas localizadas no Centrinho de Ingleses.

Comerciantes comemoram

Quem comemorou o movimento também foi o vendedor de espetinhos de camarão Emerson Victor. Quase todos os 50 espetinhos à venda por R$ 10 cada no seu carrinho foram comercializados em algumas horas.

Comerciantes comemoram movimento no fim de semana nas praias de Florianópolis- Foto: Leo Munhoz/NDComerciantes comemoram movimento no fim de semana nas praias de Florianópolis- Foto: Leo Munhoz/ND

“Só tenho o que comemorar. Tinha muita gente de fora. Vendi para turista gaúcho, do Paraná e muitos daqui de Santa Catarina”, informou.

Segundo Alexandro Berardi, que administra uma pousada e hostel em Canasvieiras, há hóspedes vindos de diversos locais da região, mas com presença maior do turista local.

“Os preços baixos têm atraído muita gente vinda de cidades catarinenses”, revelou.

Por outro lado, os descumprimentos às medidas sanitárias contra a Covid-19 foram comuns nas praias do Norte da Ilha. Havia muita gente com cadeiras e guarda-sóis e era coisa rara ver banhistas usando máscara. No Trapiche de Canasvieiras, ponto muito utilizado para registro de fotos, havia aglomeração de pessoas sem usar nenhuma proteção ou distanciamento.

Filas e encantos

O casal José Luiz Rodes Maciel e Ilva Maria Renner Maciel veio de Sapucaia do Sul (RS) para passar o feriadão na unidade do Sesc Cacupé. Eles ficaram encantados com a beleza do local, que oferece boas opções de lazer com segurança, e ontem aproveitaram as primeiras horas do dia para pegar um sol.

“Estamos com a vitamina D em dia”, brincam. “Minhas vindas a Florianópolis têm sido nas últimas vezes um misto de surpresas boas e ruins. As boas são as descobertas de novos locais, a ruim está no trânsito cada vez mais difícil, seja na Ilha e agora na BR-101, mas esta experiência continua sendo sempre encantadora”, destaca Maciel.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...