Funcionários do Banco do Brasil fazem paralisação em Florianópolis nesta sexta-feira

Sindicato dos Bancários decidiu realizar greve de 24h após anúncio de demissão de funcionários e de fechamento de agências pela direção do banco

As agências do Banco do Brasil em Florianópolis estarão fechadas nesta sexta-feira (29). O SEEB (Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região) decidiu realizar uma paralisação de 24h após a direção do banco anunciar medidas como fechamento de agências, extinção de cargos e demissões.

“O descontentamento é crescente entre os funcionários do BB que decidiram cruzar os braços por 24 horas”, escreveu, em nota, o sindicato.

Funcionários do Banco do Brasil anunciaram paralisação em Florianópolis nesta sextaAgências do Banco do Brasil estarão fechadas nesta sexta-feira (29) em Florianópolis – Foto: Flávio Tin/Arquivo/ND

A paralisação dos funcionários do Banco do Brasil será nacional e ocorrerá em diversas cidades do país.

O presidente Jair Bolsonaro chegou a avaliar a demissão do presidente do banco, André Brandão, devido à repercussão da medida, mas recuou após pedido do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A decisão de fazer uma paralisação foi tomada na última segunda (25) em assembleia virtual de funcionários do banco.  Uma das principais críticas dos funcionários é a redução salarial de até 40%.

Os clientes e correntistas do Banco do Brasil podem acessar os serviços de autoatendimento nas agências e também pelo aplicativo.

O Banco do Brasil informou ao mercado a decisão sobre a reestruturação no último dia 11 de janeiro.

A medida, de acordo com o banco, visa ganhos de eficiência operacional. A estimativa é economizar R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões, até 2025.

Uma das metas da instituição é reduzir as agências físicas e reforçar a sua presença digital.

O banco tem hoje 22 milhões de clientes digitais e quer conquistar mais 5,5 milhões em 2021.

As medidas levantaram suspeitas de que o banco se prepara para uma privatização, mas o presidente Jair Bolsonaro já disse diversas vezes que isso não ocorrerá em seu governo.

*Com informações do Metrópoles.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Economia SC