Gasolina começa 2022 com redução no preço em Itajaí

Por outro lado, diesel e GNV registraram aumento na comparação com os valores de dezembro de 2021

2022 começou com um pequeno alívio no bolso do motorista de Itajaí: a primeira pesquisa do Procon do ano mostrou que o preço da gasolina teve uma leve redução em janeiro, na comparação com dezembro de 2021. O diesel e o GNV (Gás Natural Veicular), no entanto, apresentaram um aumento considerável na média de valores.

Primeira pesquisa de 2022 mostra redução no preço da gasolina em Itajaí – Foto: Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoPrimeira pesquisa de 2022 mostra redução no preço da gasolina em Itajaí – Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

A gasolina comum teve uma redução de 1,74% no preço médio no início de janeiro deste ano, passando de R$ 6,53 para R$ 6,42 em comparação ao mês anterior, conforme a pesquisa, feita em 45 postos da cidade. Já a gasolina aditivada teve queda de 1,60% e foi de R$ 6,66 para R$ 6,55. O etanol passou de R$ 6,17 para R$ 6, o que representa redução de 2,78%.

Em janeiro, os maiores aumentos foram no diesel e no GNV. O diesel comum, por exemplo, apresentou um aumento médio de 5,96%, passando de R$ 5,18 para R$ 5,49. O diesel S-10 seguiu a alta e passou de R$ 5,25 para R$ 5,49, tendo uma variação de 4,61%.

De dezembro para janeiro, o GNV foi o combustível que mais aumentou. O valor do quilo do gás foi de R$ 4,39 para R$ 5,04, o que representa acréscimo de 14,80%.

Variação nos preços

Conforme o Procon, a variação dos preços está fortemente ligada ao tipo de pagamento. Por isso, o órgão recomenda que aos consumidores fiquem atentos à diferença de valores entre os pagamentos em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito. A cobrança não é ilegal, mas deve ser informada ao motorista. No caso do diesel comum, por exemplo, a média de preço aumentou R$ 0,11 o litro dependendo da forma de pagamento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...