Gaspar registra saldo positivo de empregos pelo 11º mês consecutivo

Na contramão de grande parte das empresas e cidades do país, economia do município cresce durante a pandemia; resultado se deve a ações de estímulo e parceria entre prefeitura e empresariado local

Os impactos e desafios impostos pela pandemia do coronavírus mudaram as relações pessoais, profissionais e transformaram os negócios em todos os segmentos econômicos nacionais e mundiais. Na contramão de grande parte das empresas e cidades brasileiras, que enfrentam dificuldades acarretadas pelo avanço da Covid-19, o município catarinense de Gaspar teve saldo positivo de empregos desde abril do último ano.

Em outubro do último ano Gaspar se tornou, por lei, a Capital Catarinense da Moda Infantil – Foto: Divulgação/NDEm outubro do último ano Gaspar se tornou, por lei, a Capital Catarinense da Moda Infantil – Foto: Divulgação/ND

No Brasil, a taxa média de desemprego foi de 14,2% no trimestre de novembro de 2020 a janeiro de 2021, a mais alta para um trimestre encerrado janeiro desde 2012, quando começa a série histórica, segundo números da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Em Gaspar, no entanto, dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego, apontam que, em fevereiro deste ano, a cidade teve saldo positivo de 877 novas vagas de emprego. É o 11º mês consecutivo no qual o município registra alta no número de vagas. No período, foram 2.175 contratações e 1.298 demissões. O número é 54% superior ao índice de janeiro, quando este resultado foi de 567.

Ainda em fevereiro deste ano, o segmento que mais contratou na cidade foi a indústria (1180 vagas), seguido pelo de serviços (615), comércio (346) e construção (34). Durante este ano de 2021, o saldo de empregos criados nacidade foi de 1462 vagas, foram 3894 admissões e 2432 desligamentos, segundo os dados do Caged.

Em 2020, Gaspar foi também uma das 20 cidades com mais empresas constituídas no Estado, conforme ranking da Jucesc (Junta Comercial do Estado de Santa Catarina).

Gaspar teve saldo positivo de 877 novas vagas de emprego em fevereiro deste ano, apontam dados do Caged – Foto: Divulgação/NDGaspar teve saldo positivo de 877 novas vagas de emprego em fevereiro deste ano, apontam dados do Caged – Foto: Divulgação/ND

Incentivos à economia

Estimular o crescimento ordenado da economia de Gaspar é uma das bandeiras da atual administração municipal. De acordo com o prefeito Kleber Wan-Dal, o município tem fomentado o desenvolvimento do setor produtivo,  serviço e comércio.  “Esse resultado positivo é o reflexo de incentivos realizados constantemente visando impulsionar a economia local, mas também revela que nosso município continua crescendo e se desenvolvendo”, analisa o prefeito.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Renda e Turismo busca identificar os potenciais a serem explorados e estimulados por meio da organização e trabalhos. Uma das medidas realizadas foi a aproximação com as entidades de classe do município, que hoje atuam juntos por meio de núcleos setoriais, como os núcleos têxtil, imobiliário, de inovação, entre outros.

O Espaço do Empreendedor também foi criado para estimular o empreendedorismo, pois possibilita o atendimento com agilidade de processos na abertura de empresas e informações na área de empreendedorismo.

Gaspar conta ainda com o programa DEL (Desenvolvimento Econômico Local), formado por um conselho com integrantes dos setores público, produtivo e entidades de classe, e trabalha com projetos de curto, médio e longo prazo, por meio de Câmaras Técnicas específicas, que são a CT de Segurança, CT Têxtil, CT Des. Urbano, CT de Educação e Inovação e CT de Turismo, e em trabalho de criação da CT de Piscicultura e Agricultura. Os participantes das CTs são pessoas da comunidade que voluntariamente participam na câmara de sua competência.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Renda e Turismo de Gaspar, Pablo Ricardo Fachini, os principais projetos que contribuem para a geração de empregos estão relacionados à qualificação de mão de obra, por meio do Programa Gaspar Pró, da CT de Educação e Inovação, que junto ao setor arranjo produtivo, identifica as necessidades e cria cursos e treinamentos de qualificação, assim gerando produtividade e qualidade nos produtos.

“Um ponto muito importante também é a busca pela abertura de na cidade, onde a localização geográfica e espaço territorial beneficiam muito na logística de escoamento dos produtos e matéria-prima para a produção. Gaspar tem duas rodovias estaduais e uma rodovia federal que têm fácil acesso entre elas, além da proximidade e mobilidade facilitada a BR 101, portos e aeroportos”, afirma o secretário.

Hoje, quase 30% das empresas de Gaspar são do ramo têxtil, a maioria voltada à moda infantil – Foto: Divulgação/NDHoje, quase 30% das empresas de Gaspar são do ramo têxtil, a maioria voltada à moda infantil – Foto: Divulgação/ND

Moda infantil

Em outubro do último ano Gaspar se tornou, por lei, a Capital Catarinense da Moda Infantil. Tramita ainda pedido para que o município se torne a Capital Nacional do segmento. Hoje, quase 30% das empresas de Gaspar são do ramo têxtil, a maioria voltada à moda infantil.

De acordo com a prefeitura, esse resultado provém de um trabalho ligado à CT Têxtil, que prevê vários projetos voltados à melhoria no arranjo produtivo. A pandemia, analisa a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Renda e Turismo local, abriu uma oportunidade de negócio com o aumento de empresas de e-commerce, principalmente relacionado à venda de produtos de moda infantil, no qual Gaspar tem se destacado.

Gaspar tem hoje 9.937 empresas ativas no município. Apenas em janeiro deste ano, foram abertos 186 novos empreendimentos. Mesmo após a emergência global da Covid-19, o número de novas empresas cadastradas no município em 2020 foi de 1.654, número que representa 65% da quantidade de empresas criadas na cidade em 2019, que foi de 1009.

O município mantém ainda saldos positivos de vagas desde junho de 2020. A instalação de novos empreendimentos comerciais na cidade, indústrias e programas de capacitação de mão de obra, são outros projetos que melhoram a qualidade de vida da população, estimulam a economia local e atraem a atenção do mercado.

União entre o município e empresários fortalece o crescimento de Gaspar – Foto: Divulgação/NDUnião entre o município e empresários fortalece o crescimento de Gaspar – Foto: Divulgação/ND

Comunicação com o empresariado

Edemar Ênio Wieser, presidente da Acig (Associação Empresarial de Gaspar), destaca que a entidade tem uma importante parceria com a administração municipal e sempre foi bem recebida para expor desafios do empresariado local, assim como para realizar reinvindicações relacionadas ao desenvolvimento econômico.

“No último ano, por exemplo, criamos um núcleo especial dos Parques Aquáticos, um dos setores bastante atingidos pela pandemia, para poder apoiar os negócios locais no sentido de manter empregos. No âmbito jurídico, buscamos a prorrogação de impostos municipais e a possibilidade de reembolso de tributos indevidos do INSS pagos desde 2015 – tendo decisão favorável para que os empresários solicitem o retorno destes valores e tenham um alívio de caixa. Além disso, realizamos pesquisas periódicas para identificar necessidades dos empreendedores e poder direcionar nestas ações”, afirma Wieser.

Além disso, ele destaca uma série de orientações, realizadas ao longo de 2020,  de natureza jurídica, trabalhista e relacionada à manutenção da saúde dos colaboradores, para que os empresários tivessem apoio neste processo de adaptação da rotina. “A pesquisa SOS Empresas, feita na cidade em dois momentos ano passado, apontou que, apesar da crise, estas ações junto com a iniciativa privada e de demais instituições deu resultado: pouquíssimos os negócios que demitiram funcionários por conta da crise”, explica.

Em fevereiro deste ano, Gaspar teve alta no número de vagas pelo 11º mês consecutivo – Foto: Divulgação/NDEm fevereiro deste ano, Gaspar teve alta no número de vagas pelo 11º mês consecutivo – Foto: Divulgação/ND

Pauta única para o município

A Plasvale (Indústria de Plásticos do Vale do Itajaí Ltda), uma das principais empresas de utilidades domésticas em plástico do Brasil, tem sede no município há mais de 40 anos e aposta no desenvolvimento de Gaspar.

Para Jonas Plasvale, diretor presidente da empresa, que também faz parte da diretoria da Acig, o constante e crescente saldo positivo de empregos em Gaspar se deve a algumas condições, entre estas a vocação empreendedora da cidade, que além de abrigar grandes empresas, tem muitos pequenos negócios. “Um fator importante é a localização privilegiada, próxima às BRs 470 e 101. Gaspar também fica próximo a aeroportos e importantes portos catarinenses”, afirma.

A abertura de uma ampla comunicação entre o município e o empresariado local é outro ponto destacado por Plasvale para esse desenvolvimento. “Hoje temos mais união e podemos falar quais são as nossas demandas. Há um forte movimento entre o empresariado e o setor público, em torno de uma pauta única e prioridades em comum”, avalia.

Ele destaca ainda as iniciativas voltadas à desburocratização dos processos para abertura de empresas na cidade como outra ação relevante para o crescimento da cidade. A Plasvale tem hoje equipes em outros locais do Brasil e no exterior, mas mantém os planos de expansão em Gaspar, onde fica a sede da empresa.

+

Prefeitura de Gaspar