Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Joint venture viabilizará aplicação de R$ 10 milhões em startups

Os recursos na ordem de R$ 10 milhões para aplicação em startups, serão operacionalizados por aceleradora, que está implantada em polo tecnológico em Araranguá no Sul do Estado

A Weber Empreendimentos e a Feba Capital formaram uma joint venture para viabilizar a aplicação de R$ 10 milhões na aceleração de novos negócios. Os recursos serão operacionalizados pela Strive Ventures, aceleradora criada para apoiar e assessorar projetos de empresas nascentes e que está implantada no polo tecnológico do Bairro Cidade Universitária, em Araranguá.

Diretores da Weber Empreendimentos e da Feba Capital selam a parceria que viabilizará investimentos em negócios da região Sul de Santa Catarina Foto: José Somensi Fotografia/NDDiretores da Weber Empreendimentos e da Feba Capital selam a parceria que viabilizará investimentos em negócios da região Sul de Santa Catarina Foto: José Somensi Fotografia/ND

Claiton Pacheco, CEO da Strive, explica que a escolha de projetos não será feita por editais, mas estará aberta de forma permanente. “Nossa intenção é manter o ciclo de aceleração aberto e investir em startups em qualquer tempo ao longo do ano”, afirma.

O objetivo da Weber Empreendimentos e da Feba Capital é impulsionar novas ideias que tragam soluções relacionadas a cidades inteligentes e educação. Serão priorizadas as startups que operem nos modelos B2B ou B2B2C e com negócios que se conectem com a cadeia de valor de empresas ou setores econômicos da região. Outro pré-requisito é que as startups estejam preferencialmente em estágio operacional e com MVP (Produto Mínimo Viável).

Embora a Strive esteja localizada em Araranguá, no bairro inteligente implantado pela Weber Empreendimentos, os negócios de candidatos a receber os recursos da joint venture podem ser de qualquer um dos 47 municípios da chamada Costa Serramar, região compreendida pelas associações de municípios da Região Carbonífera, de Laguna, Extremo Sul Catarinense e Serrana. “A joint venture vem para impulsionar negócios nesta região de Santa Catarina que abrange 1,5 milhão de pessoas”, reitera o CEO da Strive Claiton Pacheco.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...