Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Lei Orçamentária de Florianópolis prevê crescimento de 3,17% para 2021

A Prefeitura de Florianópolis apresentou na sexta-feira em audiência pública on-line o projeto da LOA (Lei Orçamentária Anual) para 2021, com estimativas de receita e definições das despesas para o próximo ano.

A expectativa do município é que a economia volte a crescer, e que Florianópolis seja um destino seguro fomentando o turismo e a economia local. Projeta-se um crescimento de 3,17% em relação a 2020. De R$ 2,35 bilhões em 2020 a expectativa de receitas próprias deverá subir para R$ 2,43 bilhões em 2021.

As maiores destinações de recursos serão para: qualificação da gestão (R$ 566,2 milhões – ações que englobam custeio e manutenção da máquina pública), educação (R$ 529,2 milhões), saúde (R$ 433,5 milhões), mobilidade urbana (R$ 343,3 milhões) e saneamento básico (R$ 249,5 milhões).

Outros detalhes incluem um duodécimo de R$ 68,5 milhões para a Câmara de Vereadores e R$ 13,8 milhões destinados a emendas parlamentares de vereadores.

O orçamento ainda conta com recursos significativos para ações com a Covid-19 (R$ 30 milhões) e R$ 1 milhão para a criação de um restaurante popular na cidade.

O projeto ainda está em fase de elaboração e será protocolado na Câmara de Vereadores dia 15 de outubro. Até lá, pode sofrer modificações.