Navegantes investe em geração de empregos e abertura de empresas

20.642 trabalhadores conquistaram a carteira assinada em 2021

A Prefeitura de Navegantes obteve resultados bastante positivos no primeiro semestre do ano – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/DivulgaçãoA Prefeitura de Navegantes obteve resultados bastante positivos no primeiro semestre do ano – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/Divulgação

A pandemia da Covid-19 impactou negativamente a economia em todo o país, mas a cidade de Navegantes/SC tem conseguido driblar parte desse efeito. Através de um pacote de ações que visavam diminuir a burocracia de processos e acelerar o desenvolvimento, a Prefeitura de Navegantes obteve resultados bastante positivos no primeiro semestre do ano, em que houve um saldo de 545 empregos formais, segundo relatório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Receita. 

O município atingiu a marca histórica de empregos formais, chegando a 20.642 trabalhadores com carteira assinada. Os setores com maiores altas foram os de serviços, comércio e construção, que juntas registraram 729 novas vagas.

No mesmo ritmo da geração de empregos está a abertura de novos empreendimentos no município. Entre janeiro e junho de 2021, foram registradas 1.288 novas empresas em Navegantes, um crescimento de 56,69% em relação ao mesmo período do ano anterior, em que foram feitos apenas 822 registros. 

Em apenas seis meses, houve aumento de 17,1% no número de empresas ativas– ao final de 2020, eram 7.527  contra 8.815 no término do primeiro semestre de 2021.

Setor imobiliário 

O mercado imobiliário navegantino se mostra aquecido, com crescimento de 48,1% – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/DivulgaçãoO mercado imobiliário navegantino se mostra aquecido, com crescimento de 48,1% – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/Divulgação

O mercado imobiliário navegantino também se mostra aquecido. Entre 1º de janeiro e 10 de julho de 2021, registrou-se 1.370 processos para a geração do Imposto sobre a Transmissão de Bens Intervivos (ITBI). Em comparação com o mesmo período de 2020, em que foram 925, representando um crescimento de 48,1%. Dessa forma, a receita do imposto cresceu no município. No comparativo do mesmo período, foram arrecadados R$5.932.885,04 em 2021, frente a R$2.468.408,38, em 2020. 

O aquecimento da construção civil foi outro fator para o aumento de empregos em Navegantes. Ao final de maio, havia 1.043 trabalhadores com carteira assinada na área, o que representa uma alta de 24,3% em um ano, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Regularização de imóveis

A desburocratização impulsionou a rapidez em processos da gestão e trouxe resultados no primeiro semestre do ano – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/DivulgaçãoA desburocratização impulsionou a rapidez em processos da gestão e trouxe resultados no primeiro semestre do ano – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/Divulgação

Para atrair mais investidores na cidade, a administração municipal aprovou a Lei Complementar nº 367/2021, em vigor desde julho, que permite a regularização de edificações residenciais e comerciais construídas até 31 de dezembro de 2020. Para que isso ocorra, a prefeitura poderá exigir, por meio de termos de compromisso de conduta, obras de adequação aos proprietários dos imóveis, como construção, ampliação e/ou reformas. 

O governo municipal espera que a nova legislação cause um impacto direto na economia local, possibilitando que edificações possam finalmente ser ocupadas por empresas, gerando mais empregos e, de quebra, renda aos cidadãos. 

O foco na desburocratização também impulsionou a rapidez em processos da gestão e trouxe resultados no primeiro semestre do ano, como: 75% de redução do tempo para emissão do Habite-se, emissão de certidão de diretrizes do Sistema de Registro Integrado (REGIN) em dentro de 24h, análise de 1 mil projetos de construção e a realização de 2.360 fiscalizações de obras. 

Porto de Navegantes

Outro fator que contribui para a confiança dos investidores em Navegantes, além de aumentar a arrecadação da prefeitura, é o sucesso da Portonave. O terminal ostenta a segunda colocação no ranking dos portos com maior movimentação de contêineres no Brasil, com 9,2% de participação do mercado, ficando atrás somente do porto de Santos (SP).

Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), em levantamento publicado em agosto, o porto navegantino teve um crescimento de 42,1% no primeiro semestre de 2021, mais do que qualquer outro terminal aquaviário no país, tendo movimentado 660.099 TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) entre janeiro e junho deste ano. 

Aceleração do desenvolvimento 

O porto navegantino teve um crescimento de 42,1% no primeiro semestre de 2021 – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/DivulgaçãoO porto navegantino teve um crescimento de 42,1% no primeiro semestre de 2021 – Foto: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Navegantes/Divulgação

Segundo o prefeito Liba Fronza, ainda há muitas medidas a serem tomadas em direção à transformação econômica por meio de políticas modernas e assertivas. Entre elas está a criação da Casa do Empreendedor e Alvará Provisório, a implementação de novas formas de pagamento de tributos municipais (cartão de crédito, débito e PIX), solicitação de atendimentos via protocolo online sem a necessidade do cidadão ir até a prefeitura e seus órgãos, bem como a redução do uso de papel com a transformação dos processos em eletrônicos. 

A Prefeitura de Navegantes ainda trabalha na elaboração de um novo Plano Diretor para a cidade. Desde junho, um comitê técnico, composto por membros da administração municipal e intuições não-governamentais, está responsável pela análise do material já existente e fará sugestões para a criação do novo documento. 

Ao terminar a análise, o comitê encaminhará o documento ao Conselho da Cidade (Concidade), que fará a deliberação. Caso a avaliação seja aprovada, o próximo passo será dar início às audiências públicas. A expectativa é de que o novo Plano Diretor seja entregue até dezembro deste ano.

+

Economia SC

Loading...