Oktoberfest 2021 terá apenas cervejarias artesanais em versão reduzida da festa

Definição sobre a realização do evento só deve ser anunciada em julho, mas Vila Germânica já trabalha na organização de possível novo formato da Oktoberfest

Blumenau ainda não definiu se a Oktoberfest vai voltar a acontecer em 2021, mas uma coisa certa: se tiver festa, não haverá cervejaria oficial. Com a desistência da Eisenbahn, esta será a primeira vez que a festa terá apenas cervejas artesanais da região.

Oktoberfest 2021, caso ocorra, será somente com cervejarias artesanaisEdição de 2021, caso ocorra, será somente com cervejarias artesanais – Foto: Divulgação/Prefeitura de Blumenau/ND

A prefeitura ainda avalia o cenário da pandemia de Covid-19 para definir se realiza ou não a “maior festa alemã das Américas” e a decisão só deve ser anunciada no início de julho.

Mesmo assim, a Secretaria de Turismo e Lazer já trabalha na organização do evento que, se ocorrer, deve ter um novo formato: menor e com uma configuração diferente, para tentar evitar aglomeração de pessoas nos pavilhões da Vila Germânica.

Desde a primeira edição, em 1984, sempre houve uma cervejaria oficial que decorava os setores e fornecia a maior parte do chope servido na festa. Porém, desde que a Eisenbahn, que era a cervejaria oficial até a última edição realizada, decidiu não exercer direito de extensão de contrato para 2021, a festa ficou sem uma grande cervejaria.

A prefeitura, então, optou por não fazer uma nova licitação para escolher outra cervejaria para a edição deste ano. O secretário de Turismo e Lazer, Marcelo Greuel, explica que a ideia é promover a festa somente com fábricas que estão no Vale Europeu.

Somente cervejarias artesanais

Atualmente, a festa conta com contratos vigentes para exploração de pontos comerciais com cinco cervejarias: Cerveja Blumenau, Bierland, Hersing, Das Bier e Wunder Bier. A intenção, neste novo formato, é complementar a festa e abrir mais cinco pontos de venda.

No edital, que ainda será lançado, ficará especificado que somente cervejarias que sejam pertencentes aos municípios que compõem a Ammvi (Associação de Municípios do Médio Vale do Itajaí) poderão participar.

“Estamos nos preparando e trabalhando, mas ainda não significa que a festa, de fato, vai acontecer”, afirma Greuel.  A secretaria já alinha contratos e prepara orçamentos para ter condições e tempo hábil para realizar a festa, caso a decisão seja por retomar a celebração.

Edição deste ano está sendo pensada em um formato diferente do habitual – Foto: Divulgação/Parque Vila Germânica/NDEdição deste ano está sendo pensada em um formato diferente do habitual – Foto: Divulgação/Parque Vila Germânica/ND

Festa diferente

O formato da Oktoberfest também vai mudar para atender as necessidades de distanciamento social. A festa, se confirmada, acontecerá nos setores 1, 2 e no Eisenbanh Biergarten.

Os espaços para circulação nos pavilhões darão lugar para mesas e cadeiras, fazendo com que a capacidade fique reduzida a 5 mil pessoas simultâneas.

Outra mudança será a localização dos palcos. Antes posicionados nos cantos dos setores, agora eles passam a ficar no centro dos pavilhões, com mesas e cadeiras posicionadas ao redor das estruturas.

As medidas de segurança também serão respeitadas e uma série de exigências e recomendações serão seguidas pela organização. Entre elas estão:

  • Uso de máscaras para os profissionais, funcionários e clientes exceto durante o consumo de alimentos e bebidas
  • Distanciamento entre uma mesa e outra
  • Ocupação máxima de 8 pessoas por mesa
  • Higienização das mesas, cadeiras e demais utensílios utilizados ao final de cada refeição
  • Fechamento do espaço físico dos pontos de venda e área exclusiva, na troca de turno, por período de no mínimo 30 minutos para a limpeza geral e desinfecção
  • Câmeras térmicas instaladas nos acessos da festa e nos espaços de gastronomia
  • Higienização frequente de banheiros, balcões e locais de circulação de pessoas
  • Disponibilização de álcool gel em todas as mesas e espaços
  • Contratação de infectologista para orientações específicas
  • Testes nas equipes de serviço (cerca de 5 mil testes no período da festa)

Oktoberfest mais digital

A proposta deste novo formato é que a festa seja majoritariamente digital. A Secretaria de Turismo trabalha para que a compra dos ingressos, a reserva das mesas e até mesmo a recarga do Oktober Karte para consumo de bebida e alimentação sejam feitas de forma antecipada e completamente online.

Para quem não se adapta à compra digital, serão criados pontos de venda de ingressos em estabelecimentos parceiros com totens digitais. A ideia é evitar ao máximo a concentração de público nos arredores do Parque Vila Germânica.

Ainda que a busca seja por uma festa mais digital, a organização afirma que manterá os totens de recargas de cashless e também os caixas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia SC

Loading...