Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Plano de Florianópolis prevê 20 mil novas frentes de trabalho em dois anos

Programa marca início do mandato do prefeito Gean Loureiro e do vice Topázio Silveira Neto

Comércio é um dos setores incluídos no programa – Foto: Anderson Coelho/NDComércio é um dos setores incluídos no programa – Foto: Anderson Coelho/ND

Foi lançado na manhã desta segunda-feira (4) o Plano Mais Floripa 21/22, que tem o objetivo de geração de empregos e renda em meio à crise provocada pela pandemia da Covid-19.

O programa prevê a criação de 20 mil novas oportunidades no período de dois anos, com investimento de R$ 25 milhões, divididos entre a prefeitura, Sebrae-SC e o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

A ideia é implantar planos específicos para cada setor da economia, com esforço para capacitação dos trabalhadores, além de desenvolvimento de capacidades empreendedoras.

O vice-prefeito Topázio Silveira Neto (Republicanos) disse que a iniciativa prioriza os setores de turismo, tecnologia, construção civil, comércio e serviços e empreendedorismo.

O prefeito Gean Loureiro (DEM) enfatizou a importância da vacina para garantir a retomada. “Quanto antes tivermos a cidade imunizada, mais fácil será a recuperação econômica”, disse.