Postos preveem horário para fim da gasolina em Florianópolis com bloqueio em distribuidora

Bloqueio na SC-407, que liga Biguaçu a Antônio Carlos, na Grande Florianópolis, segue até o início da tarde desta quinta-feira (9)

O bloqueio no acesso à base da Petrobras na SC-407, que liga Biguaçu a Antônio Carlos, na Grande Florianópolis, deixou 80% dos postos da Capital sem combustível na manhã desta quinta-feira (9). Caso a situação persista, os estabelecimentos ficarão sem gasolina até o fim do dia.

Posto na Lagoa da Conceição por volta das 9h desta quinta-feira (9) – Foto: Beatriz Carrasco/NDPosto na Lagoa da Conceição por volta das 9h desta quinta-feira (9) – Foto: Beatriz Carrasco/ND

Segundo Joel Fernandes, vice-presidente Sindópolis (Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis), o desbloqueio do acesso à distribuidora deve ocorrer até as 15h desta quinta.

Uma medida judicial, obtida na noite desta quarta-feira (8), determina o desbloqueio da SC-470, em Biguaçu.

“Em função da liminar que conseguimos ontem, as autoridades estão indo até o terminal de Biguaçu para tentar conversar com o pessoal de forma pacífica e tranquila para ser cumprida a decisão”, pontua Fernandes.

Segundo o repórter Lucas Leal, da NDTV, os caminhoneiros afirmam que devem liberar o acesso à base da Petrobras até a tarde desta quinta. Eles argumentam que, com base nas decisões judiciais que saíram ainda na tarde de quarta, eles teriam 24 horas para liberar a rodovia. Os documentos, no entanto, não estipulam esse prazo.

Até por volta do início da tarde, o acesso à base da Petrobras seguia bloqueada.  Apenas carros de pequeno porte e com produtos perecíveis têm permissão para transitar, além de carros familiares. Outros carros são parados e os motoristas são questionados sobre o que estão transportando. A fila de caminhões parados no trecho é de cerca de 600 metros.

Conforme o Sindópolis, caso não haja reposição, todos os postos da Capital ficarão sem combustível até o fim do dia. Alguns postos na Mauro Ramos, no Pantanal e no Sul da Ilha ainda estavam operando no início desta tarde.

Justiça determina desbloqueios

A Justiça Federal publicou duas decisões contra os bloqueios realizados por grupos de caminhoneiros em Santa Catarina. As obstruções iniciaram nesta terça-feira (7), e os manifestantes reivindicam a destituição dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

A primeira decisão determina o fim de bloqueios nos trechos da BR-101 entre Paulo Lopes e a divisa com o Grande do Sul, região que vai do km 244 + 680 até o km 465 +100. Já a segunda impõe a permissão para a passagem dos caminhões da BRF na BR-116. Ambas devem ser garantidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal).

+

Economia SC

Loading...