Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Presidente da EDP: “A privatização da Celesc é essencial para SC”

Entrevista confirma propósito do grupo português de assumir o controle acionário da estatal

CEO da EDP Brasil reafirma nesta entrevista o interesse da empresa portuguesa na privatização da Celesc. Cruz assumiu o comando em fevereiro. A EDP está presente em 12 Estados, conta com 10 mil empregados e opera seis unidades de geração de energia. Em São Paulo e Espírito Santo, conta com 3,5 milhões de consumidores de energia.

EDP já é acionista da Celesc – Foto: FiescEDP já é acionista da Celesc – Foto: Fiesc

Quais são os planos de EDP para Santa Catarina?
Os planos da EDP são, antes de tudo, servir ao Estado de Santa Catarina. E a melhor maneira de servir Santa Catarina é através de nosso controle acionário da Celesc. Para isso, é necessário que haja a privatização. Defendemos a privatização. A privatização permitirá à empresa investir mais. A empresa tem capacidade de investimento que é o dobro ou o triplo daquele que está sendo feito neste momento. Isto só será possível sendo empresa privada. Logo, este é o nosso objetivo número um.

E como seriam estes investimentos?
Estamos disponíveis para um compromisso real com o Estado, de um investimento muito expressivo. A Celesc não consegue fazer estes investimentos, porque tem um estrutura de acionistas, em que somos minoritários. Este é um dos entraves ao crescimento da Celesc.

Quais as alternativas que a EDP oferece?
A Celesc poderia fazer muito mais se fosse uma empresa privada.

Sua empresa marca presença hoje onde aqui no Estado?
Estamos presentes em linhas de transmissão. Queremos transformar a participação minoritária numa presença majoritária. Dessa forma, dotaremos a Celesc dos meios financeiros para que cumpra melhor suas metas em Santa Catarina. Nosso foco essencial está na distribuição de energia elétrica de qualidade. Temos, por isso, o orgulho de dizer que oferecemos serviços em 78 municípios do Espírito Santo e atender uma área industrial muito importante de São Paulo. Gostaríamos de acrescentar também o orgulho de atender mais Santa Catarina. Respeitando muito as instituições do Estado, respeitando todas as pessoas, que o Estado pense na questão da privatização da Celesc. Este é o ponto essencial para Santa Catarina.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...