Procon fiscaliza preços em supermercados de Florianópolis

Estabelecimentos terão que apresentar notas de compra e venda dos últimos meses para comprovar que o aumento não partiu deles

As equipes do Procon fiscalizaram os preços em cinco supermercados de Florianópolis neste sábado (12). A operação vem acontecendo desde a semana passada por conta do aumento em todo o Brasil.

Assim como destacou o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, em sua conta no Facebook, houve um pedido de reforço da fiscalização nos mercados da Capital. Nenhum estabelecimento havia sido multado até a manhã deste sábado (12).

Procon fiscaliza preços em supermercados de Florianópolis – Foto: Reprodução/Facebook/ND

No entanto, os estabelecimentos foram notificados para que apresentem notas de compra e venda dos últimos meses para comprovar que o aumento abusivo não partiu dos mercados.

“Compreendemos o momento atual da cadeia produtiva e tudo que envolve a alta dos preços, mas estamos ao lado do consumidor e por isso ficaremos atentos a qualquer tipo de prática lesiva ao cidadão”, explicou o diretor do Procon da Capital, Ferdando Fernandes.

Além do Procon, a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) também faz parte das fiscalizações que acontecem em todo o território nacional.

Conforme um levantamento realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), Florianópolis é a segunda capital com a cesta básica mais cara to Brasil. O estudo mostra que o custo é de R$ 530,42, atrás somente de São Paulo, com valor de
R$ 539,95.

+

Economia SC