Produtores rurais terão acesso à linhas de crédito especiais para enfrentar estiagem em SC

Governo estadual diz que plano é investir R$ 1,7 bilhão até 2022 para ampliação da infraestrutura hídrica e preservação de mananciais

O que já é de conhecimento e experiência para muitos produtores rurais catarinenses volta a se repetir este ano. A estiagem está preocupando o meio rural. O Estado já registra chuvas irregulares e períodos de seca desde o ano de 2019 e a região Oeste de Santa Catarina é a mais prejudicada.

Estiagem na cidade de Chapecó em 2020 – Foto: Divulgação/NDTV RecordTVEstiagem na cidade de Chapecó em 2020 – Foto: Divulgação/NDTV RecordTV

O governo estadual, por meio da secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, está disponibilizando linhas de crédito especiais voltadas à captação, armazenagem e distribuição de água para tentar minimizar os prejuízos.

O governador Carlos Moisés disse que “o governo de Santa Catarina têm diversas iniciativas para diminuir os impactos causados pela estiagem. Nosso plano é investir R$ 1,7 bilhão até 2022 para ampliação da infraestrutura hídrica e da preservação de mananciais para tornar nosso estado mais resiliente a períodos de pouca chuva”.

O secretário da Agricultura, Altair Silva, explicou que o intuito é preparar os produtores rurais para que enfrentem esses períodos de estiagem. “Estamos oferecendo financiamentos com juro zero, além de outras linhas com subvenção dos juros, o que dá ao produtor a oportunidade de fazer investimentos permanentes para reduzir os impactos da estiagem”, destacou.

O produtor rural que tiver algum problema na sua propriedade por causa da estiagem pode procurar apoio em um dos escritórios da Epagri. No local, os técnicos darão as orientações necessárias.

+

Economia SC

Loading...