SC terá injeção de R$ 230 milhões no setor de turismo

Fomento deve ser via bancos e agências estaduais, sendo destinado ao Fungetur; aporte na linha de crédito do fundo deve ser quase 3x maior em 2021

Um fomento de R$ 230 milhões, proveniente do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), foi anunciado nesta sexta-feira (19), com destino ao setor de turismo de Santa Catarina.

O montante do valor também vêm do Badesc (Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina), e deve integrar o Fungetur (Fundo Geral do Turismo), do Ministério do Turismo. Serão R$ 130 milhões via BRDE, e R$ 100 milhões via Badesc.

Os recursos devem ir para o financiamento de obras de construção, reformas e modernização de estabelecimentos como hotéis e pousadas, parques temáticos, restaurantes, máquinas e equipamentos turísticos, capital de giro, entre outros.

sc; turismo; milhões; fomento; setorPresidente do Conselho Estadual de Turismo afirma que 30% dos bares e restaurantes e 15% dos hotéis já fecharam em decorrência da pandemia – Foto: Divulgação/ND

São permitidas operações de R$ 15 mil a R$ 250 mil com taxa de juro Selic + 5% ao ano, o que representa hoje, 0,62% ao mês.

O prazo para pagamento é de 48 meses, com até 12 meses de carência inclusos. A participação do financiamento varia de 80% a 100% no projeto.

Na linha de crédito do Fungetur, 2020 somou R$ 37 milhões em operações, ao passo que a estimativa para 2021 é de aportes muito maiores, com R$ 100 milhões em recursos.

“Os recursos são fundamentais para os micro e pequenos negócios manterem suas atividades, até que superemos a pandemia e a dificuldade econômica imposta por ela. Em parceria com a Santur não medimos esforços para atender o mais rápido possível e fazer o recurso chegar na mão do empreendedor”, salientou o residente do Badesc, Eduardo Machado.

A Santur tem atuado como um correspondente bancário do Badesc, segundo o presidente da entidade, Leandro Ferrari, que destaca que é a primeira vez que a agência está atuando em parceria com os bancos de fomento do Estado.

“Hoje somos praticamente um correspondente bancário do Badesc, pois disponibilizamos uma equipe interna que auxilia as empresas com a documentação necessária, dando mais velocidade da contratação. Isso é importante para atender empresas do turismo que enfrentam dificuldades para manter os negócios após os impactos da pandemia de Covid-19 na economia”, afirmou.

O auxílio foi anunciado pelo governador Carlos Moisés (PSL), que afirmou que foram R$ 1,4 bilhão aportados no setor até então, incluindo programas de incentivo, linhas de crédito e outros subsídios.

Segundo o mandatário, o objetivo é de que sejam alcançados R$ 2,3 bilhões até 2022.

Turismo sofre com a pandemia, fechando 15% dos hotéis

O setor é, atualmente, um dos que mais sofre com a pandemia, dadas as restrições e limitações vigentes.

Segundo o presidente do Conselho Estadual de Turismo, Nilton Silva Pacheco, o contexto já ocasionou o fechamento de 30% dos bares e restaurantes, 15% dos hotéis e pousadas, 12% das empresas de transporte de turismo e quase a todas as empresas de eventos. A estimativa foi dada em entrevista do Conexão ND da última segunda (15).

Como solicitar os recursos

Badesc – Os empresários interessados devem acessar o site do Badesc, fazer um cadastro e prosseguir com a solicitação. Em caso de dúvidas podem enviar e-mail para o Suporte da Santur, cujo endereço é  emergencial.turismo@santur.sc.gov.br.

BRDE – Os empresários interessados devem acessar o site do banco ou baixar o aplicativo do banco, fazer um cadastro e prosseguir com a solicitação

Santur – Mais informações podem ser obtidas também no site Viaje Mais

+

Economia SC