Setor de serviços cresce 9,9% em fevereiro em Santa Catarina

Segundo pesquisa realizada pelo IBGE, retomada da economia catarinense segue com resultados positivos

O setor de serviços de Santa Catarina teve crescimento de 9,9% em fevereiro, quando comparado com o mesmo mês em 2020. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (15), na PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) do IBGE.

O Estado registrou o terceiro maior crescimento do país no volume do setor de serviços em fevereiro. O desempenho ficou acima da média nacional, que registrou queda de 2%.

Setor de serviços em Santa Catarina tem alta de 9,9% em fevereiro – Foto: Divulgação/ NDSetor de serviços em Santa Catarina tem alta de 9,9% em fevereiro – Foto: Divulgação/ ND

Os dados positivos comparados a fevereiro do ano passado foram puxados, principalmente, pelos serviços profissionais, administrativos e complementares (23,8%); transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (13,8%), informação e comunicação (10,5%), e outros serviços (10,8%).

A única queda registrada foi nos serviços prestados às famílias: -19,4%.

A governadora Daniela Reinehr comentou os resultados: “Somos um Estado competitivo e diferenciado, muito bem representado por um povo empreendedor e dedicado. Isso é apontado mais uma vez por esses resultados positivos”, afirma.

“Estamos focados e em busca de alternativas para incentivar ainda mais a retomada da economia. Nosso objetivo é implementar ações efetivas para garantir que todos os setores sejam contemplados”, finaliza.

O volume de serviços em Santa Catarina no acumulado de janeiro e fevereiro teve crescimento de 7,5%, o maior entre as 27 Unidades da Federação.

O secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, destacou que, apesar do período desafiador, Santa Catarina registra o décimo mês de crescimento no setor de serviços, um dos segmentos mais afetados pela pandemia. Ele lembrou ainda que houve crescimento na produção industrial, no comércio e Santa Catarina mantém o melhor índice em empregos.

“É um segmento que temos buscado fomentar com crédito simplificado, apoio aos empreendedores já instalados no Estado e atração de novos investimentos”, ressalta. “Podemos avançar, trabalhando unidos por cada vez mais segurança e oportunidades aos catarinenses, assim faremos a travessia deste período pandêmico”, pontuou o secretário.

Já em comparação com janeiro deste ano, o Estado também apresenta resultados relevantes, com alta de 3,9%. Esse desempenho também ficou acima da média nacional, 3,7%.

Serviços cresceram em 18 das 27 Unidades da Federação

18 das 27 Unidades da Federação tiveram expansão no volume de serviços em fevereiro de 2021 – Foto: Canva/ Divulgação/ND18 das 27 Unidades da Federação tiveram expansão no volume de serviços em fevereiro de 2021 – Foto: Canva/ Divulgação/ND

Regionalmente, 18 das 27 Unidades da Federação tiveram expansão no volume de serviços em fevereiro de 2021, na comparação com janeiro.

Nacionalmente, o indicador superou pela primeira vez o nível em que se encontrava antes da pandemia de Covid-19.

Em nove meses consecutivos de taxas positivas, o setor acumula crescimento de 24%.

Já frente a fevereiro de 2020, 17 das 27 Unidades da Federação tiveram taxas negativas. Entre as atividades, a expansão de maior importância em fevereiro foi a dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (4,4%), que acumulou ganho de 8,7% nos dois primeiros meses do ano e agora supera em 2,8% o patamar de fevereiro do ano passado.

+

Economia SC