Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Suspeita que recursos da compra dos respiradores foram parar na China

A Procuradoria-Geral do Estado vai apresentar histórico referente ao caso dos respiradores e formalizará  questionamentos e informações sobre o caso que podem ser obtidas diretamente na China

A Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina vai apresentar histórico referente ao caso dos respiradores e formalizará  questionamentos e informações sobre o caso que podem ser obtidas diretamente da China. Decisão foi tomada em reunião nesta semana do procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos, Sérgio Laguna Pereira, com o secretário executivo de Assuntos Internacionais Fernando Raupp. A intenção é  dar andamento às tratativas de repatriação dos valores relativos ao caso dos respiradores.

Compra de respiradores por R$ 33 milhões pelo governo do estado aconteceu em 2020- Foto: Divulgação/ NDCompra de respiradores por R$ 33 milhões pelo governo do estado aconteceu em 2020- Foto: Divulgação/ ND

A PGE/SC atua no caso desde 30 de abril de 2020 quando ajuizou a primeira das ações judiciais visando o bloqueio de bens e recuperação de valores. 

Na última semana, Procuradores do Estado participaram de reuniões no Ministério das Relações Exteriores, Ministério da Justiça e Advocacia-Geral da União, em Brasília, a fim de traçar estratégias de colaboração internacional visando à recuperação dos recursos por meio de colaboração diplomática e acionamento de mecanismos internacionais de recuperação de ativos, além da cooperação jurídica internacional.

De acordo com informações do Governo, até o momento, 96,6% dos R$ 33 milhões já estão bloqueados em dinheiro ou bens ou em fase avançada de cobrança judicial.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...