Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Tendências de comportamento e negócios pós-pandemia da Covid-19

Reflexões feitas por especialistas mundiais falam que casas vão ficar cada vez mais tecnológicas e mais apoio a empreendimentos sociais

Um ano após o início da pandemia, mais de 50 especialistas do mundo inteiro analisaram algumas tendências de comportamento pós-Covid-19.

O documento publicado pelo “The Economist” aponta para mudanças em diversas áreas, como educação, saúde, relações comerciais, pessoais e até nas finanças pessoais.

Eles apontam, por exemplo, que o turismo sairá fortalecido, com valorização da natureza e experiências reais, que as viagens de negócios vão reduzir em 50% e que as casas vão ficar mais tecnológicas.

Confira abaixo algumas reflexões:

Especialistas dizem que a inteligência artificial vai ganhar força depois da pandemia- Foto: Divulgação/NDEspecialistas dizem que a inteligência artificial vai ganhar força depois da pandemia- Foto: Divulgação/ND

 

1. Uma das reflexões é que a migração para o digital veio para ficar na saúde, com uso crescente da tecnologia a distância.

2. Com ganhos menores, as pessoas passam a ser mais cautelosos com o orçamento doméstico. Os eletrônicos continuam na lista dos produtos mais apreciados e comprados.

3. O e-commerce continuará em expansão, forçando a reinvenção das lojas físicas.

4. Esforços e investimentos das empresas em empreendimentos sociais, para buscar soluções para grandes problemas nas áreas da educação, saúde, energia, segurança, política e distribuição de renda.

5. Alimentos naturais e saudáveis. Experiências e novas formas de interação. Consumo local, valorização do reciclado e menos desperdício. Ser mais saudável  e consciente “é o  novo luxo”.

6. Outra conclusão é que o mundo está vendo este ano como um novo começo. As pessoas repensarão seu trabalho, saúde, dinheiro, relações e objetivos espirituais.

7. As viagens de negócios, como as grandes convenções, congressos e reuniões com muitas pessoas diminuirão 50%. As alternativas e ferramentas digitais vieram para ficar.

8. As casas ficarão mais tecnológicas e adaptadas para o trabalho: “poder trabalhar de casa ou de qualquer lugar será prioridade para as pessoas”.

9. O turismo de entretenimento voltará fortalecido. As pessoas vão valorizar a natureza e experiências reais mais do que nunca, sempre apoiadas com assessoria e gestão digital de suas aventuras.

10. A força de trabalho básico será reduzida, com a inteligência artificial realizando as operações simples. É hora de redesenhar o futuro das nossas profissões.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.