VÍDEO: Mercado Público de Florianópolis registra filas nesta quinta-feira

Movimento intenso de pessoas marca o dia que antecede o feriado da Sexta-Feira Santa; peixarias ficam abertas até as 19h

Quem deixou para comprar o pescado na véspera do feriado da Sexta-Feira Santa (2) – dia em que, tradicionalmente, não se ingere carne vermelha – deve ter paciência. Isso porque o Mercado Público, no Centro de Florianópolis, registra grandes filas e movimento intenso na manhã desta quinta-feira (1º).

Os interessados em garantir o pescado para o feriado se posicionaram na fila que passa da Casa da Alfândega.

Veja a movimentação no vídeo:

De acordo com informações da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), os responsáveis pelo Mercado estão fazendo o controle das pessoas na entrada para garantir o limite máximo estabelecido.

Depois de uma Semana Santa prejudicada pelo início da pandemia em 2020, o movimento intenso nas peixarias é um bom sinal para as vendas neste ano.

As bancas do mercado estão repletas de opções, desde produtos de alto valor agregado, como lagostas, polvos e vieiras, até os tradicionais peixes, como tainha, anchova, tilápia, cação e corvina.

As peixarias da Capital funcionam até às 19h nesta quinta-feira. Já nesta sexta-feira (2), o horário de funcionamento do Mercado Público é das 7h até às 14h.

De olho nos preços

A equipe de fiscalização do Procon Municipal de Florianópolis finalizou nesta quarta-feira (31), a pesquisa de preço dos principais produtos comercializados durante a Semana Santa. Foram analisadas 13 variedades de pescados em 14 estabelecimentos do Mercado Público Municipal.

A diferença do preço do camarão com casca chegou a 110,53%. Já o valor pelo qual o bacalhau lombo é comercializado variou 94,12% entre dois estabelecimentos. A terceira maior diferença foi identificada no preço da anchova, registrada em 60,10%.

Pesquisa de preços de pescados em Florianópolis – Foto: Reprodução/Procon de FlorianópolisPesquisa de preços de pescados em Florianópolis – Foto: Reprodução/Procon de Florianópolis

Denúncias ao Procon podem ser encaminhadas pelo site do Procon, no e-mail: fiscalizacao.procon@pmf.sc.gov.br ou no telefone (48) 3131-5300.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Economia SC