VÍDEO: Pescadores comemoram chegada da tainha no Sul de SC

Após um mês de espera, pescadores capturam cerca de 10 toneladas do peixe no Balneário Rincão

Os pescadores da Colônia Z-33 comemoraram a chegada oficial da tainha na região Sul do Estado, nesta quarta-feira (2). Já que pela primeira vez conseguiram pescar uma grande quantidade do peixe. Apenas no Balneário Rincão, foram, aproximadamente, 10 toneladas.

“Graças a Deus! Estávamos ansiosos porque chegamos no mês de junho e não tinha dado um lance ainda”, comemora o presidente da Colônia Z-33, João Picollo.

O período da pesca da tainha iniciou em maio e se estende até 31 de julho e a expectativa é que com a chegada do frio a tainha permaneça no Litoral Sul.

Foram pescados cerca de 10 toneladas de tainha no Balneário Rincão – Foto: Prefeitura de Balneário Rincão/NDForam pescados cerca de 10 toneladas de tainha no Balneário Rincão – Foto: Prefeitura de Balneário Rincão/ND

“Expectativa é sempre das melhores. Agora que o frio chegou, que o vento sul ajudou, tudo que a tainha precisa. O frio, o vento sul que ajuda a tainha a encostar na nossa região. Hoje não foi diferente”, explica Picollo.

Alívio para a mesa dos pescadores

Devido a pandemia, o início da captura da tainha no Sul do Estado traz um alívio para os pescadores da região. São cerca de 400 famílias que fazem parte da Colônia Z-33 e dependem exclusivamente da pesca de Jaguaruna a Passo de Torres no Sul do Estado.

“Pescadores estão felizes, com toda questão econômica que está aí atrapalhando os pescadores. Uma série de questões tem acontecido, o não auxílio emergencial, não poder entrar na orla. A pandemia atrapalha. Agora pelo menos consegue respirar um pouco mais”, comenta Picollo.

Grande quantidade pescada em Jaguaruna

Além do Balneário Rincão, outro grande lance de tainha foi registrado na praia do Camacho em Jaguaruna. Milhares de peixes foram capturados na orla. Moradores tiveram que auxiliar na retirada dos pescados.

“Nossa, que coisa linda. Nunca vi tanta tainha na minha vida”, disse Marlene Schiavini, moradora da localidade.

+

Economia SC