Fim do auxílio emergencial deve afetar famílias de baixa renda e desempregados

O fim do pagamento do auxílio emergencial, que durante a pandemia ajudou a manter o poder de compra de diversas famílias, deve impactar negativamente na rotina de brasileiros de baixa renda e desempregados.

Quase 68 milhões de pessoas estavam recebendo o benefício.

Confira todas as informações na reportagem.

+

ND Notícias