Metalúrgica de Joinville anuncia pedido de recuperação judicial

Em comunicado, Wetzel cita "forte retração da economia brasileira" como fator culminante com processo que pretende evitar a falência da companhia

Divulgação/Wetzel

Segundo comunicado, empresa manterá as atividades normalmente

A retração da economia brasileira fez com que a joinvilense Metalúrgica Wetzel buscasse por socorro no âmbito jurídico. Nesta quarta (3) a empresa ajuizou uma ação de recuperação judicial a fim de “repactuar os compromissos da companhia” e “preservar o respeito de seus credores e parceiros”. O processo está tramitando na 4a Vara Cível de Joinville.

Em comunicado emitido nesta quarta, a Wetzel afirma que as atividades da empresa continuarão normalmente durante o decorrer do processo e que, caso a solicitação seja aprovada pelo Judiciário, apresentará seu plano de recuperação judicial no prazo legal.

A fabricante de componentes para os setores automotivo, de agronegócios, eletroferragem e instalações elétricas, fundada em 1932, declarou que a restrição em financiamentos, parcelamentos, empréstimos e repactuação de dívidas limitou o ingresso de novos recursos imprescindíveis para sua sustentabilidade, e que, por esta razão, decidiu pelo requerimento da Recuperação Judicial.

Em abril de 2015, diante de dificuldades financeiras, a empresa já havia contratado uma consultoria para auxiliá-la na negociação de operações de crédito e no aperfeiçoamento do plano estratégico, com o objetivo de restabelecer o equilíbrio financeiro e a melhoria das atividades da companhia.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Economia

Loading...