O líder coruja

Meu amigo, minha amiga… Mais uma história do tempo em que os bichos falavam:

Divulgação / ND Online

Gerson Raul Persike

Numa certa floresta, a mamãe coruja ouviu dizer que havia um caçador pelas redondezas. Zelosa e temerosa pelo destino de seus filhotes, ela foi rapidamente ao encontro do caçador e falou:

– Sr. Caçador, estou aqui desesperada lhe pedindo… Por favor, não mate meus filhotes. Existem milhares de animais nesta floresta, então, peço que aponte sua espingarda para qualquer lado, mas, não para o lado de minhas corujinhas!

O caçador, impressionado com a coragem e com a atitude desta, literalmente, mãe coruja, respondeu:

– Dona coruja, claro, atenderei ao seu pedido, mas, como irei saber quais são os seus filhotes?

– Ora, disse a coruja, será muito fácil reconhecê-los. Eles são os filhotes mais lindos da floresta, os mais belos, mais fofos, mais queridos! E, dizendo isso, a coruja agradeceu, bateu asas e voou. Afinal, a coruja também precisa caçar para alimentar seus filhotes.

Passou-se um tempo e ouviu-se um disparo! A coruja, assustada, mas, confiante na promessa do caçador, voou rapidamente para o seu ninho e, lá, ficou estarrecida! Todos os filhotinhos estavam mortos, atingidos pela arma do caçador. Ela, então, foi tirar satisfações com o responsável por tão terrível tragédia.

– Sr. Caçador, como o senhor faz isso? Prometeu que não atiraria em meus filhotes e eu acabo de vê-los mortos no ninho! O caçador, sereno, respondeu:

– Ora, dona coruja, a Sra. havia dito que os seus filhotes eram os mais belos e exuberantes da floresta. Eu atirei nuns bichos feiosos que estavam num ninho. Nunca poderia imaginar que aqueles animaizinhos horríveis pudessem ser os seus lindos filhotes!

E é isso, meus amigos e amigas! Eis o porquê da expressão “mãe coruja”! Esta é aquela que vê nos seus filhos a expressão máxima do que é belo e correto mesmo que, na visão de todos os demais, isso não está claro, perceptível ou aceito. Para uma história ilustrativa, vá lá! Contudo, para a prática profissional de um líder de equipe, nem pensar! Você conhece algum líder que defende sua equipe como se essa fosse composta por filhos mimados?

Que acoberta erros frequentes, que não avalia o desempenho pela competência dos integrantes da equipe, mas, sim, pela emoção ou afinidade, que se acomoda com os acertos, mas, que não procura corrigir e orientar para que se minimizem os erros?

Pois é! Essa postura dita paternalista ou excessivamente permissiva é um veneno para a equipe, para a empresa e para o próprio líder. Sim, porque demonstra que está faltando senso crítico, análise por indicadores, parâmetros de desempenho bem definidos, controles precisos e frequentes, feedback efetivo e incentivo por competência. Nesse caso, a empresa tem uma mãe coruja à frente da equipe, mas, não um líder!

Quando esse perfil de liderança se instala numa equipe, há a falsa sensação de serenidade e equilíbrio, mas, na verdade, os resultados poderiam ser bem melhores, os profissionais poderiam desenvolver muito mais os seus potenciais, crescer mais, ganhar mais e progredir. No entanto, acabam ficando falsamente protegidos e efetivamente anulados em suas possibilidades de evolução.

Claro que os líderes devem valorizar os seus colaboradores, mas, não podem avaliar sem critério técnico, anulá-los ou não mostrar-lhes onde podem e devem melhorar. E então, algum líder coruja por aí? Uma semana de sucesso é o que vamos e merecemos ter.

_______________________________________________________________________

Gostando de nossos textos semanais?

Mande sua opinião ou nos contate para ações em sua empresa pelo e-mail: comercial@cmtreinamento.com.br

Acesse nosso site: www.cmtreinamento.com.br

Gerson Raul Persike é um especialista em atendimento, vendas, telesserviços e preparação de lideranças empresariais. Filósofo e formado no Programa de Desenvolvimento de Dirigentes da Fundação Dom Cabral, aplica assessorias nas áreas de gestão de talentos, capacitação de lideranças e formação de equipes motivadas e produtivas. Empresário, é diretor da empresa “Comunicação & Mercado – Treinamentos Empresariais”, escritor, colunista, consultor e palestrante internacional. Efetua, também, cursos, treinamentos, palestras motivacionais, gestão e planejamentos comerciais e de atendimento para Organizações de sucesso no Brasil e exterior