O poder do ouvir

Meus amigos e amigas, vocês conhecem a obra de Voltaire?

Divulgação / ND Online

Gerson Raul Persike

Ele foi um escritor e filósofo francês lá pelos idos do século XVIII. Foi um iluminista, defensor da liberdade civil e de reformas sociais que, à época, eram muito necessárias; mais ou menos como hoje, não é verdade? Há uma frase atribuída a Voltaire que pode ser assim traduzida:

– Posso não acreditar em uma única palavra do que dizes, mas, defenderei até a morte o direito que tem de dizê-la.

Puxa! Forte isso, não é mesmo? É mais importante o direito que alguém tem de dizer algo do que, propriamente, aquilo que está sendo dito. Isso, na prática, é a liberdade sendo vivenciada em sua plenitude, pois se entende que devemos ouvir o outro, deixá-lo expor suas razões e pensamentos, permitir que ele possa se expressar para, a partir daí, tentar compor um novo pensamento, uma nova ideia e, quem sabe, um novo jeito de agir considerando não somente o meu modo de pensar, mas, também, as vivências ou linha de visão do outro.

Esse é um exercício de empatia, de ouvir, de buscar a compreensão dos ideais das outras pessoas e, também, de sabedoria; sim, porque quem não permite a expressão alheia acaba se enterrando em sua própria cova de intransigência e ignorância emocional.

Não há como esperar apoio dos outros se você não os ouve, ou, finge que ouve; não espere comprometimento se você se acha o senhor da razão; não queira resultados positivos sem a participação ativa e engajada das pessoas ao seu redor. Mas, saiba que essa participação só ocorrerá se houver uma conversa mais horizontal, onde a comunicação possa ser uma via de mão dupla e não um modelo de “goela abaixo”. É aquela história… Muitos gostam da democracia, mas, da seguinte forma:

– Eu adoro a democracia, desde que eu mande e você obedeça!

É claro que em alguns momentos na Empresa o Líder precisará ter uma ação mais efetiva, direta e sem tempo ou espaço para fazer enquetes junto à equipe. Mas, sempre que for possível, procure ouvir a opinião dos demais, pois é muito salutar esse exercício de escutar o que os integrantes têm a dizer e, principalmente, valorizar essa participação.

Na vida social ou familiar, da mesma forma, evite querer decidir tudo sozinho e não dar ouvidos às pessoas queridas ao seu redor. Vai chegar um momento que eles vão perceber que esse egoísmo só serve para alimentar o seu ego e que não traz benefícios afetivos aos demais. E, quando isso ocorrer, o destino será o afastamento, a exclusão e a solidão.

E, só para concluir: A frase que se atribui a Voltaire, na verdade, não é dele e nem se sabe de quem é. Em toda a sua obra, não há essa sentença. Mas, cá entre nós, é um pensamento que serve para nossa reflexão.

Será que estamos, verdadeiramente, ouvindo as pessoas ao nosso redor? Ou só há a famigerada “caixa de sugestões” na Empresa, que não serve para nada, aliás! Será que quando as pessoas vêm até nós às recebemos com aquela cara amarrada ou já estamos com o “não” engatilhado antes mesmo de terminarem de falar? Depois, não reclame que a rotatividade em sua Empresa é alta, que não há comprometimento, que seus amigos se afastam de você e que, cada vez mais, você se sente sozinho, ninguém lhe entende, ninguém lhe ama, ninguém lhe quer.

Ouça mais, refletiva sobre o que é dito, valorize as boas sugestões e aplique as ideias que foram construídas conjuntamente. A prática que virá terá muito mais condição de êxito e o clima ficará muito mais leve e harmônico.

Uma semana de sucesso é o que vamos e merecemos ter!

——————————————————————————————————————————

Gostando de nossos textos semanais? Mande sua opinião ou nos contate para ações em sua Empresa pelo e-mail: comercial@cmtreinamento.com.br  /  Acesse nosso site: www.cmtreinamento.com.br

Gerson Raul Persike é um especialista em atendimento, vendas, telesserviços e preparação de lideranças empresariais. Filósofo e formado no Programa de Desenvolvimento de Dirigentes da Fundação Dom Cabral, aplica assessorias nas áreas de gestão de talentos, capacitação de lideranças e formação de equipes motivadas e produtivas. Empresário, é diretor da empresa “Comunicação & Mercado – Treinamentos Empresariais”, escritor, colunista, consultor e palestrante internacional. Efetua, também, cursos, treinamentos, palestras motivacionais, gestão e planejamentos comerciais e de atendimento para Organizações de sucesso no Brasil e exterior.